Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Bayer Janssen MSD Takeda Astellas UICC Libbs Abbvie Ipsen Sanofi Daiichi Sankyo GSK Avon Nestlé Servier Viatris


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

2ª Reunião do Cosaúde discute tratamentos oncológicos

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/02/2022 - Data de atualização: 24/02/2022


Nos dias 22 e 23 de fevereiro, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) realizou a segunda reunião técnica da Comissão de Atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde Suplementar (Cosaúde). 

Nessa reunião de análise, foram discutidos 5 tecnologias, sendo que uma delas com duas indicações de uso:

O primeiro item analisado foi o medicamento venetoclax (Venclexta®), indicado para o tratamento de leucemia linfocítica crônica (LLC). O pedido de inclusão do medicamento, feito pela Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), é para que ele possa ser utilizado na primeira linha de tratamento de pacientes de LLC. A ABHH mostrou que ele aumenta a sobrevida global, mantendo a qualidade de vida do paciente. Nossa presidente Luciana Holtz, participou da reunião e apresentou o depoimento de paciente que utiliza a tecnologia, que relatou que tem usado o medicamento nos últimos quatro meses, com reações adversas mínimas. Todas as instituições foram favoráveis à incorporação.

Em seguida, foi analisado o medicamento levomalato de cabozantinibe (Cabometyx®), indicado para o tratamento de carcinoma hepatocelular (CHC), o tipo mais comum de câncer de fígado. Os estudos clínicos mostraram uma redução no risco de progressão ou morte comparada a outras opções de tratamento disponíveis para esses pacientes. Foi apontado também que a tecnologia não é custo-efetiva e por isso a maioria dos membros presentes na reunião foram desfavoráveis à incorporação.
No dia 22, também foi discutido o medicamento trifluridina + cloridrato de tipiracila (Lonsurf®) com duas indicações: câncer gástrico metastático, incluindo adenocarcinoma da junção gastroesofágica, e câncer colorretal metastático. 

A tecnologia para a indicação de câncer gástrico apresentou taxa de sobrevida global boa, redução de mortes e controle da doença. E para a indicação de câncer de colorretal, a tecnologia se mostrou eficaz na sobrevida livre de progressão e trouxe qualidade de vida aos pacientes. Na discussão de inclusão da terapia para a indicação de câncer colorretal, o representante do Oncoguia no Cosaúde, nosso conselheiro estratégico Tiago Farina, também apresentou o relato de paciente a respeito de como o uso da medicação tem colaborado para a melhoria em sua qualidade de vida. Em ambas as indicações, a maioria dos membros presentes na reunião foram favoráveis à incorporação.

No dia 23, foi discutido o medicamento brigatinibe (Evobrig®) para câncer de pulmão avançado ou metastático. A tecnologia se mostrou eficaz na prevenção de metástases cerebrais. A maioria dos membros presentes na reunião foram favoráveis à incorporação.

O último medicamento oncológico analisado foi o erdafitinibe (Erfandel®) para um tipo de câncer na bexiga, o carcinoma urotelial avançado ou metastático. O medicamento mostrou redução no diâmetro dos tumores e poucos eventos adversos. A maioria dos membros presentes na reunião foram favoráveis à incorporação.

Na parte da tarde, a reunião não foi transmitida, devido a outra reunião da ANS que estava acontecendo ao vivo, e nessa ocasião foi discutida a tecnologia Risanquizumabe para psoríase moderada a grave.

Todos os medicamentos analisados serão agora encaminhados para consulta pública para que seja ouvida a sociedade sobre essas inclusões no rol de cobertura mínima. 

A próxima reunião da Cosaúde deve acontecer na terceira semana de março, ainda sem pauta divulgada. Os vídeos completos da reunião estão disponíveis no Youtube, aqui o dia 22/02 e aqui a manhã do dia 23/02.

 

Conteúdo produzido pela equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive