O gene e o câncer de mama

BRCA


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Outros cânceres associados a mutações BRCA1 e BRCA2

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 09/10/2020 - Data de atualização: 09/10/2020


Mutações em BRCA1 e BRCA2 aumentam o risco de vários tipos de câncer, além do câncer de mama e de  ovário. Alguns exemplos são câncer das trompas de Falópio e câncer peritoneal. Homens com mutações BRCA2 e, em menor grau, mutações BRCA1, também apresentam risco aumentado de câncer de mama e câncer de próstata. Tanto homens quanto mulheres com mutações BRCA1 ou BRCA2 têm um risco aumentado para câncer de pâncreas.

Certas mutações no gene BRCA2 (também conhecidas como FANCD1), quando herdadas de ambos os pais, podem causar uma forma rara de anemia Fanconi, uma síndrome associada a tumores sólidos na infância e ao desenvolvimento de leucemia mieloide aguda (LMA). Da mesma forma, determinadas mutações no gene BRCA1 (conhecidas como FANCS), herdadas de ambos os pais, podem causar outro subtipo de anemia de Fanconi.

Mulheres com mutação no gene BRCA1 ou 2 têm um risco aumentado para câncer de pâncreas. No entanto não existem diretrizes para o rastreamento da doença em  pessoas com estas mutações.

Mulheres com mutação no gene BRCA2 também têm um risco aumentado para câncer de pele melanoma. Embora não existam diretrizes para o rastreamento da doença para estas pessoas, recomenda-se que se considere a realização de exames de pele anuais de corpo inteiro para verificar se há sinais de melanoma e limitar a exposição ao sol.

Texto originalmente publicado nos sites National Cancer Institute (30/01/2018), National Breast Cancer Foundation (25/09/2020) e Susan G. Komen (25/02/2020), livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive