Espaço do

Familiar


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

[CÂNCER DE MAMA] Aline Soares

Compartilhando Experiência



Essa entrevista foi preenchida em 18/04/2015

  • Instituto Oncoguia - Você poderia se apresentar? Aline - Me chamo Aline Rocha Soares. Tenho 31 anos e sou jornalista.
  • Instituto Oncoguia - Quem em sua família tem/teve câncer? Aline - Minha mãe. Câncer de mama.
  • Instituto Oncoguia - Sabemos que o diagnóstico de um câncer também tem um impacto grande na família, como você lidou com esse momento? Aline - Foi muito difícil entender de verdade o que estava acontecendo. Eu tentava pensar que não era isso. Só podia ser engano. Isso não ia acontecer com minha mãe. Fui lidando com bastante dificuldade com a ideia. Foi só quando vi a cicatriz da mastectomia da minha mãe que a realidade me sacudiu e me forçou a começar a aceitar. Mas eu achava que terminaria ali. Afinal, tinham tirado o tumor. O que mais minha mãe ia ter que passar e sofrer? Não bastava a "mutilação" da cirurgia? Foi quando fomos a uma consulta e a médica disse que minha mãe teria que fazer quimioterapia. Me senti muito mal. De novo me recusava a acreditar que minha mãe ia sofrer mais. Duvidei da médica, pesquisei coisas na internet sobre quimioterapia e o que chamam de máfia do tratamento. Não queria ver minha mãe ficando careca, com enjoos, sentada na cadeira recebendo os medicamentos na veia. Precisei de muita reflexão para entender que já não ia adiantar questionar. A quimio vai ajudar a minha mãe a afastar o risco dessa doença voltar. E é isso que importa. Não, não é fácil. Não, não é legal e odeio quando me falam pra dizer pra minha mãe que cabelo cresce. Não é só isso. Sei que agora o que ela mais precisa é de minha força e cuidado. Tenho que superar o medo de perder minha mãe e encarar cada dia como um passo a mais para a cura total dela.
  • Instituto Oncoguia - Quais foram os principais desafios enfrentados? Aline - Informação. A abordagem de alguns médicos é fria, não é cuidadosa. Demoramos para encontrar uma médica que realmente nos ajudasse. Graças a Deus encontramos a Dra Ana Luiza Antunes Faria. Ela é super atenciosa, competente e nos ajudou muito.
  • Instituto Oncoguia - De que forma você ajudou seu familiar? Aline - Eu acompanho minha mãe nas consultas e quimio. Tento conversar, ouvindo, mas pedindo que ela tenha força. Também tento fazer coisas para alegrá-la. Mandei fazer camisetas escrito na frente Força, Gina! E atrás: Confie! Já deu tudo certo. As colegas de trabalho dela colocaram e me mandaram fotos. Coloquei na página que criei no facebook para ela se sentir mais apoiada. A página é www.facebook.com/forcaginasempre. No primeiro dia de quimioterapia fiz uma surpresa para ela. A direção do hospital autorizou e me vesti de dálmata. Distribui flores para as pacientes e levei dois cartazes. Quando mostrei o cartaz dela com o pressentindo e viu que era eu, ela ficou emocionada e feliz. Quero tentar sempre fazer coisas para vê-la feliz assim.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou se informar sobre a doença? Isso lhe ajudou? Aline - Me informei até certo ponto. Ler sobre alguns detalhes ou ver que algo pode dar errado, não me fazem bem. Tenho medo de enfraquecer.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou apoio psicológico? Se sim, de que forma isso lhe ajudou? Aline - Sempre fui muito próxima da minha mãe. Acho que ficamos até mais próximas e "cúmplices" das coisas da vida.
  • Instituto Oncoguia - Após a descoberta do câncer no seu familiar, você ficou mais atento com a sua própria saúde? De que forma você se cuida? Aline - Fiquei. Em breve já farei exames, em especial pelos casos de câncer de mama na minha família.
  • Instituto Oncoguia - Que conselho ou dica você daria para um familiar que esta enfrentando o câncer em casa? Aline - Tenha paciência com seu familiar, mas tenha principalmente paciência com vc. Cada um tem um tempo para entender todo o processo. Cada um da os passos para entender tudo que pode acontecer na sua velocidade. Converse com amigos e amigas. Nos momentos em que for possível, reze e tente relaxar.
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Instituto Oncoguia? Aline - Indicação da médica Ana Luiza Antunes Faria.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive