Espaço do

Familiar


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

[CÂNCER DE PULMÃO] Alexandra

Compartilhando Experiência



Essa entrevista foi preenchida em 01/04/2020

  • Instituto Oncoguia - Você poderia se apresentar? Alexandra - Meu nome é Alexandra e vou fazer um breve relato sobre a minha experiência de vida.
  • Instituto Oncoguia - Quem em sua família tem/teve câncer? Alexandra - Minha amada mãe.
  • Instituto Oncoguia - Quais foram os principais desafios enfrentados? Alexandra - Meu maior desafio foi lidar com a doença. Tentei dar vida à minha mãe mesmo vendo ela morrer aos poucos. Nunca aceitei ser o fim e tentei ser forte para dar força a ela, mas minha mãe não aceitou. A doença foi muito difícil, lidar com as emoções, depressão, dor física e emocionais é uma verdadeira avalanche de dias bons e dias maus!!!
  • Instituto Oncoguia - De que forma você ajudou seu familiar? Alexandra - Minha irmã abandonou minha mãe, pois eu assumi. Abri mão da minha vida por amor a minha mãe e não me arrependo. Faria tudo de novo.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou se informar sobre a doença? Isso lhe ajudou? Alexandra - Sim, me informei sobre a doença. É um sentimento devastador ler, saber e ouvir que o câncer está avançado e que ela iria morrer a qualquer momento. Sentia uma impotência tão grande diante daquela situação. Eu ficava 24 horas do dia com ela, mas a tristeza de minha mãe era tão grande que eu ficava abalada sem poder fazer nada.
  • Instituto Oncoguia - Você buscou apoio psicológico? Se sim, de que forma isso lhe ajudou? Alexandra - Não busquei apoio, mas hoje vejo o quanto é fundamental porque a família sofre junto e fica doente junto. São dias de angústia, dor, medo e incertezas ...
  • Instituto Oncoguia - Após a descoberta do câncer no seu familiar, você ficou mais atento com a sua própria saúde? De que forma você se cuida? Alexandra - Não mudou em nada meu pensamento porque sempre fui cuidadosa com minha saúde e minha mãezinha foi negligente. Não queria parar de fumar, abriu mão da própria vida e não abriu mão desse vício terrível. Por diversas vezes me falava: "Me deixa que vou morrer fumando!!!"
  • Instituto Oncoguia - Que conselho ou dica você daria para um familiar que esta enfrentando o câncer em casa? Alexandra - Dedicação, amor e carinho!!! Esse é o remédio, além de ter muita paciência em lidar com o ente querido porque eles estão com as emoções abaladas, cheios de medo, insegurança e incertezas. Você tem que saber lidar com todos os sentimentos mesmo sem entendê-los às vezes. Tem dias que estão bem, mas em outros estão abalados. Não é fácil, mas com amor tudo dá certo. A dor e tristeza nesses caso é inevitável porque a doença é cruel, judia do nosso ente querido e nos judia junto. Tem que ter fé para superar!!!
  • Instituto Oncoguia - Como você conheceu o Instituto Oncoguia? Alexandra - Fazendo pesquisa no Google.
  • Instituto Oncoguia - Você tem alguma sugestão a nos dar? Alexandra - Gosto muito do site. A sugestão é continuar dando o suporte que vocês estão dando para nós que buscamos apoio nesses momentos tão difíceis. Eu li muitos depoimento e aprendi muito com eles.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive