O que é

A radioterapia é uma forma de tratamento local do câncer. Atualmente, 60% dos pacientes com tumores realizam radioterapia, isoladamente ou em combinação com outras opções terapêuticas, como cirurgia e quimioterapia. Cada caso é único e o médico é a melhor pessoa para decidir sobre a indicação deste tratamento para o seu caso.

A radioterapia utiliza de radiações ionizantes para destruir ou inibir o crescimento das células anormais que formam um tumor. Existem vários tipos de radiação, porém as mais utilizadas atualmente são as eletromagnéticas (raios X ou raios gama) e os elétrons (disponíveis em aceleradores lineares de alta energia).

A radioterapia é sempre cuidadosamente planejada de modo a preservar o tecido saudável tanto quanto possível. No entanto, pode ocorrer de o tecido saudável ser afetado pelo tratamento, causando possíveis efeitos colaterais. Embora as células normais também possam ser atingidas e danificadas pela radioterapia, geralmente elas podem se reparar, o que não acontece com as células cancerígenas.

Onde a radioterapia é realizada

O tratamento radioterápico é realizado num serviço de radioterapia de uma clínica ou hospital. Entretanto, nem todos os hospitais contam com esse serviço, porque os equipamentos de radioterapia são muito complexos e o tratamento precisa ser planejado e administrado por profissionais especializados.

A maioria dos departamentos de radioterapia está localizada em hospitais de referência e de ensino. Dessa forma, você pode iniciar o tratamento contra o câncer, por exemplo, com cirurgia, num hospital de menor porte e, em seguida, ser encaminhado para outro hospital próximo com especialistas em radioterapia.

Normalmente a radioterapia é realizada em esquema ambulatorial, mas se você tiver outros problemas de saúde ou se estiver fazendo quimioterapia ao mesmo tempo, pode ser necessário ficar internado num hospital. Nesse caso, você será levado diariamente ao departamento de radioterapia para realizar o tratamento radioterápico.

Texto originalmente publicado nos sites American Cancer Society (27/12/2019) e MD Anderson Cancer Center, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Avaliação do Portal

1. O conteúdo que acaba de ler esclareceu suas dúvidas?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
2. De 1 a 5, qual a sua nota para o portal?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
3. Com a relação a nossa linguagem:
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
4. Como você encontrou o nosso portal?
5. Ter o conteúdo da página com áudio ajudou você?
Esse site é protegido pelo reCAPTCHA e a política de privacidade e os termos de serviço do Google podem ser aplicados.
Multimídia

Acesse a galeria do TV Oncoguia e Biblioteca

Folhetos

Diferentes materiais educativos para download

Doações

Faça você também parte desta batalha

Cadastro

Mantenha-se conectado ao nosso trabalho