Novidades

Muitas pesquisas sobre câncer de laringe e hipofaringe estão em desenvolvimento em diversos centros médicos no mundo inteiro, promovendo grandes avanços sobre as causas, prevenção e tratamentos.

  • Alterações genéticas

Uma grande parte das pesquisas está voltada a um melhor entendimento de como as alterações em certos genes tornam as células da laringe ou hipofaringe cancerígenas. Isso pode permitir a identificação de quais cânceres seriam mais difíceis de serem tratados e aqueles mais propensos a recidivarem após o tratamento.

Os pesquisadores esperam que essa informação possa levar ao desenvolvimento de melhores exames para a detecção precoce e novos tratamentos específicos.

  • Cirurgia

Os médicos continuam aprimorando as técnicas cirúrgicas para limitar a quantidade de tecido normal removida junto com o tumor. Isso ajudaria a limitar os efeitos colaterais após o tratamento.

Uma técnica cirúrgica em estudo é a cirurgia robótica transoral. Nessa cirurgia, o cirurgião utiliza braços robóticos para manusear os instrumentos. Essa técnica requer incisões menores, podendo diminuir os efeitos colaterais. A cirurgia videolaringoscópica transoral é outro método cirúrgico que pode ser útil para a retirada de tumores pequenos poupando tecidos saudáveis.

  • Quimioterapia e quimiorradioterapia

Novos medicamentos quimioterápicos e novas combinações de medicamentos estão sendo estudados com diferentes técnicas de radioterapia, esquemas e doses para avaliar as melhores abordagens para o tratamento de forma mais eficaz do que a quimiorradiação convencional.

  • Terapia-alvo

À medida que os pesquisadores aprendem mais sobre as mudanças nas células que causam o câncer, eles têm sido capazes de desenvolver novos tipos de drogas que visam atacar receptores específicos. A terapia-alvo consiste justamente nesse tratamento, que ataca especificamente essas moléculas, que sabidamente estão envolvidas no crescimento e disseminação das células cancerígenas. Estudos estão avaliando se ela também pode ajudar no tratamento dos cânceres de laringe e hipofaringe.

Inibidores do EGFR. O câncer laringe e hipofaringe espinocelular muitas vezes apresenta níveis anormalmente elevado do receptor do fator de crescimento epidérmico (EGFR). O EGFR ajuda as células cancerígenas a crescerem fora de controle. Os medicamentos que bloqueiam o EGFR, como o cetuximabe, podem retardar o crescimento das células cancerígenas. Ele foi aprovado para uso contra alguns tipos de câncer de cabeça e pescoço, mas vários outros inibidores de EGFR estão sendo estudados. O cetuximabe também está em estudo para uso com outras terapias-alvo e com medicamentos imunoterápicos. Esses medicamentos parecem respondem melhor quando combinados com outros tratamentos, como radioterapia e quimioterapia.

  • Imunoterapia

A imunoterapia vem sendo usada como tratamento em vários tipos de câncer e pode ser uma opção para alguns pacientes com câncer de laringe e hipofaringe. Os imunoterápicos são medicamentos que estimulam o sistema imunológico de uma pessoa a reconhecer e destruir as células cancerosas de forma mais eficaz.

Os medicamentos imunoterápicos, como pembrolizumabe e nivolumabe, podem ser usados ​​em pacientes  com doença disseminada ou que recidivaram após a quimiorradiação. Atualmente, os estudos estão avaliando se esses medicamentos podem ser administrados isoladamente ou junto com a quimioterapia ​​antes da cirurgia ou da radioterapia no tratamento de tumores em estágio inicial.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 19/01/2021, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Avaliação do Portal

1. O conteúdo que acaba de ler esclareceu suas dúvidas?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
2. De 1 a 5, qual a sua nota para o portal?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
3. Com a relação a nossa linguagem:
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
4. Como você encontrou o nosso portal?
5. Ter o conteúdo da página com áudio ajudou você?
Esse site é protegido pelo reCAPTCHA e a política de privacidade e os termos de serviço do Google podem ser aplicados.
Multimídia

Acesse a galeria do TV Oncoguia e Biblioteca

Folhetos

Diferentes materiais educativos para download

Doações

Faça você também parte desta batalha

Cadastro

Mantenha-se conectado ao nosso trabalho