Tipos de Câncer

Rabdomiossarcoma

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Astellas UICC Libbs GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Sinais e sintomas do rabdomiossarcoma

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/07/2013 - Data de atualização: 05/05/2021


Os sinais e sintomas do rabdomiossarcoma dependem principalmente da localização do tumor:

  • Tumor localizado no tronco, membros ou virilha (incluindo os testículos): o primeiro sinal é, geralmente, o aparecimento de uma massa ou inchaço. Às vezes, pode provocar dor, vermelhidão ou outros problemas.
  • Tumores localizados ao redor dos olhos: podem causar inchaço ou a criança pode parecer estrábica.
  • Tumores no ouvido ou seios paranasais: podem causar dor de ouvido, dor de cabeça ou congestão nasal.
  • Tumores da bexiga ou da próstata: podem ter sangue na urina, enquanto que um tumor na vagina pode provocar hemorragia. Qualquer um desses tumores pode crescer o suficiente a ponto de provocar dificuldade ou dor ao urinar ou no trânsito intestinal.
  • Tumores no abdome ou na pelve: podem provocar vômitos, dor abdominal ou constipação.
  • Tumores nos ductos biliares: podem deixar os olhos ou a pele amarelados (icterícia).
  • Tumores avançados: podem provocar sintomas como nódulos na pele, dor óssea, tosse, fraqueza ou perda de peso.

Alguns desses sintomas, geralmente, faz com que os pais levem o filho ao médico, mas muitos deles podem estar relacionados a outras patologias, sem nenhuma associação ao rabdomiossarcoma. Por exemplo, crianças e adolescentes podem apresentar dores que, muitas vezes, se confundem com contusões provocadas por brincadeiras infantis ou lesões esportivas. Ainda assim, se seu filho apresentar qualquer um desses sinais, consulte um médico para que a causa possa ser diagnosticada e tratada adequadamente, caso seja necessário.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 16/07/2018, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive