Tipos de Câncer

Câncer de Mama

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Doença de Paget da Mama

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 20/06/2017 - Data de atualização: 24/07/2020


A doença de Paget é um tipo raro de câncer de mama envolvendo a pele do mamilo e da aréola. A doença de Paget geralmente afeta apenas um mamilo. Em 80 a 90% dos casos a doença de Paget está associada ao carcinoma ductal in situ ou ao carcinoma ductal invasivo.

Sinais e sintomas da doença de Paget

A doença de Paget frequentemente causa irritação local, descamação, prurido e vermelhidão. A mulher pode manifestar queimação ou coceira. Às vezes, pode ocorrer a inversão do mamilo.

Diagnóstico da doença de Paget

Se existe suspeita da doença de Paget um ou mais dos seguintes exames de imagem podem ser realizados para verificar outras alterações mamárias:

  • Mamografia.
  • Ultrassom mamário.
  • Ressonância magnética.

O exame físico e outros exames podem levar à suspeita da doença de Paget, mas será necessária a realização de uma biópsia para a confirmação diagnóstica da doença.

Tratamento da doença de Paget

A doença de Paget é geralmente tratada com cirurgia para retirar a mama (mastectomia) ou cirurgia conservadora seguida de radioterapia. Se for realizada a cirurgia conservadora da mama, precisará ser retirada toda a área do mamilo e aréola. Se o tumor for invasivo, os linfonodos axilares serão biopsiados.

Se não existem linfonodos comprometidos e o resultado da biópsia mostra que a doença não está disseminada, o prognóstico é excelente.

Se o câncer estiver disseminado, o prognóstico não é tão bom, e será estadiado e tratado como qualquer outro tipo de carcinoma ductal invasivo.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 20/09/2019, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive