Tipos de Câncer

Câncer de Mama

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Câncer de Mama Receptores de Hormônios

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 20/06/2017 - Data de atualização: 20/06/2017


As células cancerígenas retiradas durante uma biópsia ou cirurgia são analisadas para verificar se têm receptores de estrogênio ou progesterona. Quando os hormônios se ligam a esses receptores, “alimentam” o crescimento do câncer. Os cânceres são denominados receptores hormonais positivos ou negativos com base na presença (ou não) destes receptores. É importante conhecer o status do receptor hormonal para decidir as opções de tratamento.

Receptores de Estrogênio e Receptores de Progesterona

Os receptores são proteínas que podem se ligar a determinadas substâncias sanguíneas. As células normais e algumas células cancerígenas da mama tem receptores que se ligam ao estrogênio e à progesterona e dependem desses hormônios para crescer.

As células cancerígenas da mama podem ter apenas um, ou ambos os receptores ou nenhum deles.

  • Receptor de Estrogênio Positivo. Os cânceres de mama com receptores de estrogênio são denominados ER+.

 

  • Receptor de Progesterona Positivo. Os cânceres de mama com receptores de progesterona são denominados PR+.


Importância do Receptor Hormonal

Certos medicamentos são usados para tratar os cânceres de mama que têm um ou ambos receptores hormonais. A maioria dos tipos de terapia hormonal para câncer de mama aumenta os níveis de estrogênio ou impede o estrogênio de atuar sobre as células cancerígenas. Este tipo de tratamento é útil para o câncer de mama receptor hormonal positivo, mas não funciona em tumores receptores hormonais negativos (ER- e PR-).

Todos os cânceres de mama invasivos devem ser avaliados para ambos os receptores hormonais, seja na amostra da biópsia ou quando o tumor é removido cirurgicamente. Cerca de 67% dos cânceres de mama têm pelo menos um desses receptores. Esta porcentagem é maior em mulheres mais velhas do que em mulheres mais novas.

O exame imunohistoquímico é realizado nas amostras para determinar se as células cancerígenas têm receptores de estrogênio e progesterona. Os resultados do exame orientarão o médico sobre as melhores opções de tratamento para cada paciente.

Câncer de Mama Receptor de Hormônio Positivo. As células de câncer de mama receptor hormonal positivo têm ER+ ou PR+. Estes cânceres podem ser tratados com terapia hormonal que reduzem os níveis de estrogênio ou bloqueiam os receptores de estrogênio. Isso inclui os cânceres que são ER- mas PR+. As mulheres com câncer hormônio receptor positivo tendem a ter um melhor prognóstico a curto prazo, mas esses cânceres às vezes podem recidivar muitos anos após o tratamento. Os cânceres com receptores hormonais positivos são mais comuns após a menopausa.

Câncer de Mama Receptor de Hormônio Negativo. Os cânceres de mama com receptores hormonais negativos não têm receptores de estrogênio nem de progesterona. O tratamento com terapia hormonal não é útil para esses tipos de câncer. Esses cânceres tendem a crescer mais rápido do que os cânceres receptores hormonais positivos. Se eles recidivarem após o tratamento, muitas vezes ocorre nos primeiros anos. Os cânceres receptores hormonais negativos são mais comuns em mulheres que ainda não chegaram à menopausa.

Câncer de Mama Triplo Negativo. O câncer de mama triplo negativo não tem receptor de estrogênio ou progesterona e nem a proteína HER2. Esses cânceres tendem a ser mais comuns em mulheres mais jovens e em mulheres negras ou hispânicas/latinas. Os cânceres de mama triplo negativos crescem e se disseminam mais rápido do que a maioria dos outros tipos de câncer de mama. Como as células cancerígenas não têm receptores hormonais, a terapia hormonal não é útil no tratamento desses cânceres. Como eles não têm a proteínas HER2, as terapias alvo para HER2 também não é útil. O tratamento com quimioterapia pode ser a opção mais eficaz.

Converse com seu Médico sobre os Receptores Hormonais

Algumas questões importantes sobre os resultados dos testes para você conversar com seu médico:

 

 

 

  • Meu tumor foi avaliado para receptores hormonais?
  • Qual é o status do meu receptor hormonal? Positivo ou negativo?
  • O resultado foi claro ou devo fazer outro exame?
  • Como o status do meu receptor hormonal afeta meu esquema de tratamento?


Fonte: American Cancer Society (18/08/2016)

 

 



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive