Sobre o Câncer

O câncer de ânus é dividido em dois grupos, que são tratados de forma diferente:

  • Cânceres do canal anal (acima da borda do ânus).
  • Cânceres da pele perianal (abaixo da borda do ânus). Anteriormente denominados tumores da margem anal.

Às vezes, o câncer de ânus se estende de uma área para outra, por isso é difícil saber exatamente onde se originou. 
 
Carcinoma de células escamosas
 
A maioria (aproximadamente 90%) dos casos de câncer de ânus é de células escamosas. Esses tumores começam nas células escamosas que revestem a maior parte do canal anal e da margem anal.
 
Os tumores de células escamosas do canal anal cresceram além da superfície e nas camadas mais profundas do revestimento.
 
Os cânceres de células escamosas da margem anal (pele perianal) são tratados como câncer de ânus ou como carcinoma de células escamosas da pele.
 
Tipos raros de câncer de ânus

  • Adenocarcinoma. Os adenocarcinomas se desenvolvem nas células que revestem a parte superior do ânus perto do reto ou nas glândulas localizadas sob a mucosa anal. Os adenocarcinomas também podem se iniciar nas glândulas apócrinas, um tipo de glândula sudorípara da pele perianal. A doença de Paget é um tipo de carcinoma da glândula apócrina que se espalha através da camada superficial da pele. A doença de Paget pode afetar a pele em qualquer lugar do corpo, mas na maioria das vezes afeta a pele da região perianal, vulva ou mama. Essa condição não deve ser confundida com a doença de Paget do osso, que é uma enfermidade diferente.
  • Carcinoma basocelular. É um tipo de câncer de pele que pode se desenvolver na pele perianal. Esses tumores são muito mais frequentes em áreas da pele que são expostas ao sol, como o rosto e as mãos. Eles são, frequentemente, tratados com cirurgia para a retirada do tumor.
  • Melanoma. Esse câncer se desenvolve a partir de células da pele ou da mucosa anal, que formam o pigmento castanho denominado melanina. Melanomas são muito mais frequentes em partes do corpo que estão expostas ao sol. Se diagnosticados numa fase inicial podem ser removidos cirurgicamente com um bom prognóstico. Se a doença já se disseminou outros tipos de tratamento poderão ser utilizados.
  • Tumor estromal gastrointestinal. É um tipo raro de câncer anal. Quando estes são diagnosticados em estágio inicial, são tratados com cirurgia. Se já se disseminaram para outras partes do corpo, podem ser tratados com quimioterapia. 

Condições pré-cancerígenas do ânus
 
Algumas alterações na mucosa do ânus são inofensivas em estágio inicial, mas podem vir a se tornarem cancerígenas. Um termo comum para essas condições potencialmente pré-cancerígenas é displasia. Algumas verrugas, por exemplo, contém áreas de displasia que podem evoluir para um câncer.
 
A displasia que ocorre no ânus é também conhecida como neoplasia intraepitelial anal e como lesões anais intraepiteliais escamosas. Dependendo da forma como são vistas sob o microscópio podem ser classificadas em dois grupos:

  • Neoplasia epitelial de baixo grau. As células de baixo grau se assemelham às células normais. Elas, muitas vezes desaparecem sem qualquer tratamento e têm baixa probabilidade de se transformarem em câncer.
  • Neoplasia epitelial de alto grau. As células de alto grau são anormais. Elas são menos prováveis de desaparecer sem tratamento e se não forem tratadas podem eventualmente se tornarem cancerígenas, por isso precisam ser acompanhadas de perto.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 13/11/2017, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Avaliação do Portal

1. O conteúdo que acaba de ler esclareceu suas dúvidas?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
2. De 1 a 5, qual a sua nota para o portal?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
3. Com a relação a nossa linguagem:
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
4. Como você encontrou o nosso portal?
5. Ter o conteúdo da página com áudio ajudou você?
Esse site é protegido pelo reCAPTCHA e a política de privacidade e os termos de serviço do Google podem ser aplicados.
Multimídia

Acesse a galeria do TV Oncoguia e Biblioteca

Folhetos

Diferentes materiais educativos para download

Doações

Faça você também parte desta batalha

Cadastro

Mantenha-se conectado ao nosso trabalho