Prevenção

Prevenção é o adiamento ou a eliminação de condições específicas que poderiam contribuir para o desenvolvimento de uma doença por meio de intervenções de eficácia comprovada.
 
Muitos cânceres de fígado poderiam ser evitados reduzindo-se a exposição aos fatores de risco conhecidos para a doença.

  • Evitando infecções por hepatite. O fator de risco mais significativo é a infecção crônica por hepatite B e C. Isso pode ser evitado não compartilhando agulhas e realizando práticas sexuais seguras. Já existe vacina para prevenção da hepatite B para pessoas em situação de risco. Mas, ainda não existe vacina contra a hepatite C. Pessoas com alto risco para hepatite B ou C devem fazer testes para essas infecções e tratá-las, se necessário.
     
  • Evitando o consumo de álcool e cigarro. O abuso de álcool é uma das principais causas da cirrose, que pode levar ao câncer de fígado. Não beber ou beber com moderação ajuda a prevenir o câncer de fígado. Como o tabagismo também aumenta o risco de câncer de fígado, parar de fumar ajuda a diminuir o risco de câncer de fígado, assim como muitos outros tipos de câncer.
     
  • Mantendo um peso saudável. Evitar a obesidade pode ser outra maneira para ajudar a se proteger contra o câncer de fígado. Pessoas obesas têm mais chances de ter esteatose hepática (fígado gorduroso) e diabetes, doenças que têm sido relacionadas com câncer de fígado.
     
  • Limitando a exposição a produtos químicos cancerígenos. Mudar a forma como certos grãos são armazenados em países tropicais e subtropicais poderia reduzir a exposição às substâncias causadoras de câncer, como as aflatoxinas. A maioria dos países desenvolvidos possui legislação para proteger os consumidores e trabalhadores de determinados produtos químicos conhecidos por causar o câncer de fígado.
     
  • Tratando doenças que aumentam o risco. Certas doenças hereditárias podem provocar cirrose hepática, aumentando o risco de câncer de fígado. Diagnosticar e tratar essas doenças precocemente pode diminuir esse risco. Por exemplo, todas as crianças de famílias com hemocromatose devem ser rastreadas para a doença e tratadas, se necessário.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 01/04/2019, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Avaliação do Portal

1. O conteúdo que acaba de ler esclareceu suas dúvidas?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
2. De 1 a 5, qual a sua nota para o portal?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
3. Com a relação a nossa linguagem:
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
4. Como você encontrou o nosso portal?
5. Ter o conteúdo da página com áudio ajudou você?
Esse site é protegido pelo reCAPTCHA e a política de privacidade e os termos de serviço do Google podem ser aplicados.
Multimídia

Acesse a galeria do TV Oncoguia e Biblioteca

Folhetos

Diferentes materiais educativos para download

Doações

Faça você também parte desta batalha

Cadastro

Mantenha-se conectado ao nosso trabalho