Novidades

Muitas pesquisas sobre câncer de sítio primário desconhecido estão em desenvolvimento em diversos centros médicos no mundo inteiro, promovendo grandes avanços em prevenção, detecção precoce e tratamentos:

  • Diagnóstico

É importante que os pesquisadores estejam aptos para identificar a origem dos casos de câncer de sítio primário desconhecido, para que os tratamentos mais eficazes possam ser realizados. Os exames imunohistoquímicos e outros podem ser muito úteis, mas ainda não são capazes de identificar onde todos os primários desconhecidos se iniciam. Novos exames de laboratório já estão disponíveis e ajudarão a classificar a doença com mais precisão e a prever o prognóstico do paciente e sua resposta ao tratamento.

Espera-se que em algum momento no futuro, o número de cânceres de sítio primário desconhecido caia drasticamente, e que seja possível se determinar os tipos de câncer a partir de amostras desses tumores.

  • Tratamento

Como o câncer de sítio primário desconhecido representa uma grande variedade de tipos de neoplasias, é improvável que um único avanço no tratamento beneficie todos os pacientes. Ainda assim, o progresso no tratamento de alguns dos tipos mais comuns de câncer poderá beneficiar pacientes especialmente se o tumor for classificado de forma mais precisa.

Novos medicamentos com terapia alvo estão sendo estudados. Alguns deles, como o bevacizumab e erlotinib, estão disponíveis para tratar outros tipos de câncer e têm se mostrado promissores no tratamento do câncer de sítio primário desconhecido.

Estão em andamento estudos clínicos para ajudar a determinar quem pode se beneficiar das terapias alvo e quais drogas e combinações são as melhores para o tratamento da doença.

Muitos pacientes com câncer de sítio primário desconhecido têm um prognóstico reservado, por isso se faz óbvia a necessidade de avanços terapêuticos. Os novos protocolos clínicos de tratamentos são essenciais para que o progresso ocorra. Alguns destes estudos estão avaliando novas drogas quimioterápicas, novas combinações dessas drogas e novas maneiras de administrá-las. Outros estudos estão desenvolvendo novas abordagens para o tratamento, como terapia biológica, imunoterapia e terapia genética. Como o câncer de sítio primário desconhecido é uma categoria muito diversificada de tipos de cânceres, o progresso depende do avanço contínuo para a compreensão da base molecular de todas as neoplasias.

Fonte: American Cancer Society (27/01/2016)
Este conteúdo ajudou você?

Avaliação do Portal

1. O conteúdo que acaba de ler esclareceu suas dúvidas?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
2. De 1 a 5, qual a sua nota para o portal?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
3. Com a relação a nossa linguagem:
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
4. Como você encontrou o nosso portal?
5. Ter o conteúdo da página com áudio ajudou você?
Esse site é protegido pelo reCAPTCHA e a política de privacidade e os termos de serviço do Google podem ser aplicados.
Multimídia

Acesse a galeria do TV Oncoguia e Biblioteca

Folhetos

Diferentes materiais educativos para download

Doações

Faça você também parte desta batalha

Cadastro

Mantenha-se conectado ao nosso trabalho