Novidades

Muitas pesquisas sobre câncer de endométrio estão em desenvolvimento em diversos centros médicos no mundo inteiro, promovendo grandes avanços em prevenção, detecção precoce e tratamentos. Confira alguns deles.

  • Alterações genéticas

Há anos sabe-se que o DNA danificado ou com mutações pode alterar genes importantes que controlam o crescimento celular. Se esses genes estiverem danificados, o crescimento fora de controle pode resultar em câncer.

Às vezes, os cânceres de endométrio e de cólon são mais frequentes em uma determinada família. Atualmente, se sabe que algumas famílias têm um risco maior para esses tipos de câncer, devido a um defeito hereditário em certos genes que normalmente ajudam a reparar danos ao DNA. Se essas enzimas de reparo não estiverem funcionando adequadamente, o dano ao DNA é mais provável de persistir e causar câncer.

Defeitos similares de reparo do DNA também foram encontrados em células do câncer de endométrio de algumas pacientes sem uma tendência hereditária para desenvolver essa doença.

Um dos genes normais responsáveis por suprimir o crescimento do tumor, denominado PTEN, se encontra alterado nos cânceres do endométrio. O câncer de endométrio sem outros genes supressores de tumor, como o KRAS e o gene TP53, tendem a ser mais suscetíveis de recidiva. Os exames dessas e outras alterações no DNA podem prever o grau de agressividade do tumor e selecionar o melhor tratamento para cada mulher.

  • Detecção precoce

Estudos em andamento estão avaliando maneiras de diagnosticar precocemente o câncer de endométrio, antes que a mulher apresente qualquer sintoma. Para isso, os pesquisadores estão estudando as alterações no DNA nas células cancerígenas do endométrio.

  • Prevenção

Os pesquisadores estão buscando formas de prevenir os fatores de risco para o câncer de endométrio, como, por exemplo, o excesso de peso. Estudos estão sendo feitos para verificar se essas mulheres podem se beneficiar de terapias de prevenção. Um estudo está analisando se o rastreamento de rotina com biópsias endometriais pode ser útil para encontrar alterações celulares que possam ser tratadas antes de se tornar câncer. Outra é verificar se um DIU liberador de hormônio pode prevenir o câncer de endométrio nessas mulheres.

  • Novos tratamentos com medicamentos

Os pesquisadores estão avaliando novos medicamentos, combinações de medicamentos, imunoterápicos e terapias-alvo para pacientes com câncer de endométrio avançado. A utilização de quimioterapia adjuvante, com ou sem radioterapia também está sendo estudada.

  • Metformina

A metformina é um medicamento usado para controlar o açúcar no sangue em pessoas com diabetes. Estudos mostraram que as mulheres com diabetes e câncer de endométrio que tomam metformina têm melhores resultados em comparação com aquelas que não usam a medicação. Isso levou a estudos clínicos que estão avaliando se a metformina pode ser usada na prevenção do câncer de endométrio e como pode ajudar no tratamento de mulheres com a doença avançada.

  • Terapia-alvo

As terapias-alvo agem de forma diferente dos medicamentos quimioterápicos convencionais e têm efeitos colaterais diferentes. A terapia-alvo é usada ​​para o tratamento de muitos tipos de câncer, e atualmente está sendo avaliada para uso no tratamento do câncer de endométrio.

  • Hormonioterapia

A terapia hormonal do câncer de endométrio envolve, frequentemente, o uso de progestinas, medicamentos que afetam o estrogênio, que também podem ser úteis. Estudos atuais estão buscando a melhor forma de usar a hormonioterapia no tratamento de todos os estágios do câncer de endométrio. Também está sendo avaliado se a terapia hormonal pode ajudar na prevenção do câncer de endométrio.

  • Imunoterapia

Uma nova área de pesquisa é o uso da imunoterapia para o tratamento do câncer de endométrio, que consiste no uso do próprio sistema imunológico para combater a doença.

O sistema imunológico usa certas proteínas para atacar as células normais e anormais do corpo. Estudos mostraram que as células cancerígenas do câncer de endométrio usam essas proteínas para evitar serem atacadas pelo sistema imunológico. Atualmente, os pesquisadores estão avaliando medicamentos que se concentrem nessas alterações para ajudar o sistema imunológico a atacar diretamente as células cancerígenas do câncer de endométrio.

  • Cirurgia

A cirurgia para câncer de endométrio, geralmente, envolve a retirada do útero, colo do útero, ovários e trompas de falópio. Atualmente, estudos estão sendo realizados comparando diferentes técnicas, por exemplo, cirurgia aberta versus cirurgia por laparoscopia e cirurgia por laparoscopia versus cirurgia assistida por robótica, para verificar qual seria o melhor método a ser adotado.

Os estudos também estão analisando os resultados quando os ovários não são retirados, evitando que a mulher tenha menopausa precoce e possa ter outros problemas. No entanto, isso é mais importante para as mulheres jovens com câncer de endométrio.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 27/03/2019, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Avaliação do Portal

1. O conteúdo que acaba de ler esclareceu suas dúvidas?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
2. De 1 a 5, qual a sua nota para o portal?
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
3. Com a relação a nossa linguagem:
Péssimo O conteúdo ficou muito abaixo das minhas expectativas. Ruim Ainda fiquei com algumas dúvidas. Neutro Não fiquei satisfeito e nem insatisfeito. Bom O conteúdo esclareceu minhas dúvidas. Excelente O conteúdo superou todas as minhas expectativas.
4. Como você encontrou o nosso portal?
5. Ter o conteúdo da página com áudio ajudou você?
Esse site é protegido pelo reCAPTCHA e a política de privacidade e os termos de serviço do Google podem ser aplicados.
Multimídia

Acesse a galeria do TV Oncoguia e Biblioteca

Folhetos

Diferentes materiais educativos para download

Doações

Faça você também parte desta batalha

Cadastro

Mantenha-se conectado ao nosso trabalho