Espaço do

Familiar


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Confira aqui os depoimentos


  • Raissa Gabrielle Cirilo - Câncer de Próstata
    "Não percamos a fé!"
Boa tarde. Meu nome é Raissa, tenho 26 anos e sou filha, sobrinha, neta de pessoas que já tiveram câncer. Essa doença está acabando com minha família!!!
 
O primeiro caso foi com meu avô paterno. Ele teve câncer de próstata e morreu há 26 anos, um ano e dois dias antes que eu nascesse e um mês após o casamento dos meus pais. O segundo caso foi minha avó materna que morreu há seis anos com câncer no reto.
 
O terceiro caso foi meu pai, em 2013. Ele teve tumor na próstata, mas foi benigno. Há um mês descobrimos outro caroço na barriga dele e não sabemos ainda se é benigno ou maligno, mas os médicos acham que é benigno.
 
Em paralelo ao caso do meu pai, descobrimos que meu tio paterno, tio Paulinho, estava com câncer na cabeça. O tumor foi tratado e retirado, mas os médicos não deram muitas expectativas para nós, se não morresse na mesa de cirurgia ficaria com sequelas. Meu tio saiu da mesa de cirurgia, lúcido e sem nenhuma sequela.
 
Em 2015 ele caiu e bateu a cabeça, fomos ao hospital e constaram que o tumor havia voltado e em uma região que não poderia ser operado. Havia seis meses que esperávamos uma ressonância pelo SUS, começamos a travar uma batalha. Eu estava desempregada e meu pai aposentado, então a maior parte dos cuidados eram nossos. Fomos com o tio para emergência duas vezes, na terceira vez ele voltou para casa sem andar, devido a um derrame por causa da "radioisquemia" que fizeram nele e isso fez com que ele perdesse os movimentos do lado esquerdo.
 
Meu tio ficou totalmente dependente de nós, mas ele não desistiu. No mesmo ano que descobrimos o retorno do tumor, ele foi desenganado duas vezes. Mandaram chamar a família, amigos para se despedir, mas ele não desistiu e superou tudo o que os médicos haviam previsto.
 
Há pouco mais de dois meses e meio ele teve uma pneumonia, foi internado e desenganado mais uma vez. Ficou fora do ar por 5 minutos, mas voltou para gente; voltou falando que estava perdido, mas que os médicos o haviam encontrado. Ele não desistiu. Ficou internado por dois meses. Fez uma gastro e não podia mais se alimentar pela boca e não podia mais ficar sem o oxigênio.
 
Enquanto estávamos no hospital com meu tio, minha avó materna deu um surto e descobrimos que ela está com Alzheimer. Apesar disso tudo, confiamos em Deus e que as coisas ficarão mais tranquilas um dia.
 
Meu tio está em casa, se alimenta pela boca três vezes por dia e não utiliza o oxigênio. Deus é maravilhoso, meu tio é considerado um milagre devido a seu quadro clinico.
 
Não percamos a fé!


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 254

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 255

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 256