top
Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Eisai Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

[EXECUTIVO] Governo publica 'guia' para a dependência à nicotina

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 22/06/2016 - Data de atualização: 22/06/2016


O que houve?
 
Nesta quarta-feira 22/06 o Ministério da Saúde publicou por meio da portaria nº 761/2016 o Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para a dependência à nicotina.
 
O Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas ou simplesmente PCDT é uma espécie de guia para hospitais e centros de saúde do SUS, sobre como devem ser conduzidas suas ações a respeito de uma determinada doença.
 
Neste caso o Protocolo estabelece as abordagens que devem ser empregadas no tratamento da dependência à nicotina provocada pelo tabagismo, utilizando, dependendo do caso do paciente apoio medicamentoso e psicológico. Além disso, o PCDT ainda prevê os exames e outros procedimentos para tratamento, além de mecanismos de regulação, controle e avaliação dos serviços.
 
O tabagismo é responsável por aproximadamente 5 milhões de mortes por ano no mundo e 80% dos fumantes desejam parar de fumar, mas apenas 3% conseguem sozinhos, demandando tratamento específico.
Atualmente o SUS oferece o tratamento por meio do Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT), fator pelo qual o Ministério da Saúde desenvolveu este PCDT.
 
 Infelizmente nos planos de saúde, a presença do tratamento ao tabagismo não é tão acessível ou mesmo existente. Pensando nisso o Oncoguia desenvolveu uma iniciativa para fazer com que os beneficiários de planos tenham acesso a este tratamento. Conheça melhor a iniciativa de advocacy: Direito ao Tratamento do Tabagismo nos Planos de Saúde.
 
E agora?


Os PCDTs devem ser utilizados pelas Secretarias de Saúde dos Estados e Municípios na regulação dos serviços ofertados, no acesso ao tratamento, e no ressarcimento das clínicas e hospitais prestadores. Os gestores deverão estruturar a rede assistencial, definir os serviços referenciais e estabelecer os fluxos para o atendimento dos indivíduos com a doença em todas as etapas.
 
É também obrigatório informar ao paciente, ou ao seu responsável, os potenciais riscos e efeitos colaterais relacionados ao procedimento ou uso de medicamentos para o tratamento da dependência a nicotina.

Caso você tenha dúvidas ou necessite de maiores esclarecimentos sobre o tratamento ao tabagismo, entre em contato com nosso Programa de Apoio ao Paciente (PAP) pelo telefone 0800 773 1666.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2017 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive