Carmem debate alternativas para o tratamento de pacientes com câncer durante a pandemia

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 30/03/2021 - Data de atualização: 30/03/2021

Em reunião virtual realizada nesta segunda-feira (29), com representantes do Instituto Oncoguia, a deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania/SC) debateu alternativas para o atendimento da demanda reprimida de pacientes do SUS que precisam de diagnóstico e de tratamento do câncer como biópsias, quimio e radioterapia.

Dados do Ministério da Saúde mostram que mais de 40% dos países interromperam o rastreamento da doença durante a pandemia da Covid-19 após orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Além de retomarmos as consultas médicas e exames, ainda teremos que buscar uma alternativa para as cirurgias oncológicas represadas no ano passado. Certamente vamos precisar fazer dois anos em um”, disse Carmen que é presidente da Frente Parlamentar Mista da Saúde e relatora da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19.

A parlamentar é autora da proposta que deu origem à lei 13.896/19, que determina que os exames no caso de suspeita de câncer devem ser realizados em no máximo 30 dias.

Matéria publicada por Top Society em 29/03/2021.






Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive