Campanha educa e mobiliza a sociedade para contribuir em consultas públicas

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 04/11/2020 - Data de atualização: 04/11/2020

Para estimular pacientes, familiares e profissionais de saúde a contribuírem na consulta pública de atualização do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS (Agência Nacional de Saúde) - ciclo 2019/2020, o Instituto Oncoguia, organização sem fins lucrativos de apoio ao paciente com câncer, criou uma campanha educativa inovadora. “Me Guia” tem como objetivo conscientizar sobre a importância das diferentes formas de participação social em saúde e se propõe a ajudar os pacientes para que aprendam a contribuir nas consultas públicas considerando suas vivências e experiências como usuários das tecnologias em análise. 

“A consulta pública permite que pacientes, familiares de pacientes e profissionais de saúde deem sua opinião sobre tecnologias (medicamentos, testes e procedimentos) com as quais estão familiarizados, podendo contribuir para que outros pacientes que ainda não têm acesso a essas tecnologias e que poderão se beneficiar diante de uma possível incorporação no rol da ANS, garantindo que sejam oferecidos por convênios médicos”, explica Luciana Holtz, fundadora e presidente do Instituto Oncoguia. "Participar não é simples, mas é possível."

Me Guia: educando e engajando

A campanha “Me Guia” teve duas fases. Em um primeiro momento, contou com uma etapa informativa nas redes sociais da organização a fim de explicar para o paciente a importância de ele ser um cidadão mais participativo, ativo e responsável. “Um paciente informado é um cidadão ativo que pode ajudar a construir uma sociedade melhor, mesmo sem sair de casa”, ressalta Luciana.

Na segunda fase, a organização saiu da teoria e foi para a prática. E para isso, nada melhor que a abertura da consulta pública do rol da ANS. Para auxiliar o paciente, o Oncoguia lançou uma série de ferramentas: 

- hotsite
- e-book para download gratuito 
- guia interativo para ajudar o paciente e o familiar na construção da sua contribuição na consulta pública
- vídeo com o passo a passo para facilitar ainda mais essa participação. A campanha também seguiu convidando, ensinando e estimulando o público da ONG a participar da consulta

“Preparamos todo esse material e conteúdo porque queremos que essas pessoas possam fazer uma contribuição de qualidade, ou seja, que assumam seu papel de usuário da tecnologia e que reflitam sobre o real benefício ou não da mesma para o tratamento da sua doença. Isso tem muita relevância, é a experiência do paciente e tem que ser ouvida e validada. Estamos totalmente à disposição para ajudar os pacientes nessa contribuição”, convida Luciana Holtz. 

O Instituto Oncoguia também fará sua própria contribuição e está muito envolvido com todo o processo de atualização do rol da ANS, que nessa rodada está demorando mais de três anos para ser atualizado e muitas tecnologias esperadas há tempos pelos pacientes e sociedades já saíram na consulta com recomendações negativas. 

A consulta pública segue aberta até o dia 21 de novembro. Comece acessando o site da ANS e lendo o relatório relacionado ao medicamento que você faz uso e entenda se o seu medicamento recebeu uma recomendação positiva ou negativa. Depois acesse o formulário da consulta pública (ao final da página) para registrar sua contribuição. 

Sobre o Instituto Oncoguia
O Instituto Oncoguia é uma associação civil sem fins lucrativos fundada em 2009. Tem como missão ajudar o paciente com câncer a viver mais e melhor por meio de ações de educação, conscientização, apoio e defesa dos direitos dos pacientes.
Site: www.oncoguia.org.br 
Canal Ligue Câncer: 0800 773 1666
 
Informações para a imprensa
Francine Estevão – francineestevao@oncoguia.org.br
Telefone: (11) 5171.7950 / (11) 96849.9979






Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive