Espaço do

Paciente


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Confira aqui os depoimentos


  • NS - Câncer Colorretal
    Sei que sou portador de câncer! O que vamos fazer?

Tenho 65 anos, sou esposo, pai, avô, contribuinte e cidadão brasileiro. Sou alegre, festivo, realista. Otimista, bagunceiro, feliz, alto astral, me relaciono muito alegremente com todos e luto pelas coisas certas, corretas, legais, morais e éticas.

Amo a vida, amo profundamente minha esposa, meus filhos e meus netos. Amo ser professor de ERE - Ensino Religioso - nas escolas públicas do Estado de Santa Catarina, bem como do Município de Itajaí.

Busco a vivência espiritual em grupos de oração, independente de igreja,a convivência daqueles que me podem dar conforto, apoio e que me ajudam a trilhar os caminhos apontados por Jesus para uma vida melhor.

Em setembro/2007, ao fazer colostomia, foram retiradas três amostras provenientes de três úlceras no reto, levadas para biópsia. Ao abrir o envelope contendo o resultado, constatei ser portador de um adeno carcinoma tubular moderadamente diferenciado, ou seja: câncer no reto!

Ao entregar o envelope aomédicodisse: sei que sou portador de câncer! O que vamos fazer?

Até hoje não introjetei que tenho câncer, sabendo ser portador dele e isso tem ajudado o meu viver.

Fui remetido para tratamento de radioterapia numa clínica particular que o plano de saúde do Estado, souprofessor nas escolas do Estado,me proporcionou. Não foi fácil enfrentar durante 25 dias aquela máquina que ao mesmo tempo em que matava as células cancerosas, maltratava o resto do meu corpo.

Sofri pela falta de apetite, de alegria, de disposição, sobrando prostração, queimaduras entre as nádegas e na região pélvica:pênis e escroto inchados!

Ao mesmo tempo faziaquimioterapia, que no final pareceu não ter surtido grande efeito, o que levou o médico a optar pela instalação de um cateter no peito e nova químio com AVASTIN.

Muito sofrimento,normalmente iniciava na quarta-feira, onde ficava detrês a quatro horas na clínica oncológica sendo introduzido pelo cateter a químio. Após, trago uma pochete contendo o remédio Avastin que fica sendo injetado durante a quarta, quinta e sexta-feira, quando é retirado.

Noites mal dormidas, sofridas, cansativas, perda do apetite, tudo fede, tudo incomoda, nada está bom, nada serve, nada presta... São oito a dez dias assim, sobrando apenas três dias livres, recuperado com vida normal para, em seguida, voltar a repetir tudo de novo.

O sofrimento é grande,ninguém pode negar, mas o Deus que está em mim é mais poderoso e me conforta, me anima, me dá vida e, porque me fez alegre, festivo, alto-astral, eu supero, não perco a esperança, me animo em função do objetivo a ser alcançado: acura!

Você que é portador desse mal, nunca diga: tenho um câncer ou meu câncer é... Ele não lhe pertence porque Jesus ao morrer levou com Ele todas as nossas enfermidades.

Portanto não diga: meu ou tenho, diga: sou portador de um câncer que tanto a medicina quanto a minha Fé em Deus irão me libertar.
 
Não se entregue,eu não me entreguei apesar do sofrimento,porque confio no Deus que está em mim, nas promessas de Jesus e na assistência do Espírito Santo que ilumina e assiste aos médicos para nos ajudar passar por este "vale de sombra da morte" como diz o Salmo 22/23: "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque Tu estás comigo".

Não desista pois a vida é maravilhosa para ser vivida. O sol a brilhar a cada manhã nos convida a ler a carta de amor de Deus que é a natureza, as pessoas, os parentes, os amigos. Não desanime porque não fomos feitos para sermos derrotados,somos mais que vencedores em Jesus Cristo como nos diz Rm 8,37: "Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou".

Confie na medicina, confie no Deus que está dentro de você e se fortaleça nas palavras do salmista que diz: Salmo 26/27: "O Senhor é minha luz e a minha salvação,de quem terei medo? O Senhor é a fortaleza da minha vida,a quem temerei? Pois, no dia da adversidade, Ele me ocultará no seu pavilhão,no recôndito do seu tabernáculo, me acolherá,elevar-me-á sobre uma rocha".

Escreva-me, contate-me e conversaremos mais profundamente.
 
Obrigado por me ouvir.


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 252

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 253

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, object given in /var/www/vhosts/www.oncoguia.org.br/httpdocs/depoimento.php on line 254