Tipos de Câncer

Sarcoma de Partes Moles

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Bayer Janssen MSD Takeda Astellas UICC Libbs Abbvie Ipsen Sanofi Daiichi Sankyo GSK Avon Nestlé Servier


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Tipos de sarcomas de partes moles

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 14/02/2013 - Data de atualização: 06/04/2022


Existem mais de 50 tipos diferentes de sarcomas de partes moles. Alguns são bastante raros e nem todos estão listados aqui:

  • Fibrossarcoma. É um câncer do tecido fibroso, que geralmente afeta as pernas, braços ou tronco. É mais frequente em pessoas entre 20 e 60 anos, mas pode ocorrer em qualquer idade, inclusive na infância.
     
  • Sarcoma de partes moles alveolar.  É um tipo raro de câncer que acomete principalmente adultos jovens. Esses tumores geralmente começam nas pernas.
     
  • Angiossarcoma. É um tumor maligno que pode se desenvolver a partir dos vasos sanguíneos (hemangiosarcomas) ou dos vasos linfáticos (linfangiossarcomas). Esses tumores estão associados à exposição à radiação, podendo se iniciar em áreas irradiadas para outras doenças como câncer, por exemplo, os angiossarcomas podem ser diagnosticados após a radioterapia para o câncer de mama e nos membros atingidos pelo linfedema.
     
  • Sarcoma de células claras. É um tipo raro de câncer que se desenvolve nos tendões dos braços ou pernas. Quando visualizado sob o microscópio, observa-se que tem algumas características do melanoma, um tipo de câncer que se desenvolve a partir das células que produzem a pigmentação da pele.
     
  • Tumor de células desmoplásicas pequenas e redondas. É um sarcoma raro que ocorre em adolescentes e adultos jovens, encontrados com mais frequência no abdômen.
     
  • Sarcoma epitelioide. A maioria se desenvolve em tecidos sob a pele das mãos, antebraços, pés ou pernas. Ocorre com mais frequência em adolescentes e adultos jovens.
     
  • Sarcoma fibromixoide de baixo grau. É um câncer de crescimento lento que, na maioria das vezes, se desenvolve como um crescimento indolor no tronco ou braços e pernas. Também é denominado tumor de Evans.
     
  • Tumor estromal gastrointestinal (GIST). É um tipo de sarcoma que começa no trato digestivo.
     
  • Sarcoma de Kaposi. É um tipo de sarcoma que se inicia nas células do tecido linfático ou nos vasos sanguíneos.
     
  • Leiomiossarcoma. É um tipo de câncer que começa no tecido muscular liso. Esses tumores, geralmente, começam no abdômen, mas também podem se iniciar em outras partes do corpo, como braços e pernas ou no útero.
     
  • Lipossarcomas. São tumores malignos do tecido adiposo. Eles podem se desenvolver em qualquer parte do corpo, mas são mais frequentes na coxa, abaixo do joelho e no interior do abdômen. Eles ocorrem principalmente em adultos entre 50 e 65 anos.
     
  • Mesenquimoma maligno. É um tipo raro de sarcoma que contém algumas áreas com características de fibrossarcoma e outras áreas com características de pelo menos dois outros tipos de sarcoma.
     
  • Tumores dos nervos periféricos malignos. Incluem neurofibrossarcomas, Schwannomas malignos e sarcomas neurogênicos. Estes são sarcomas que se desenvolvem a partir de células que circundam um nervo.
     
  • Mixofibrossarcomas de baixo grau. São frequentemente diagnosticados nos braços e pernas de pacientes idosos. Eles são mais comuns sobre ou logo abaixo da pele, podendo apresentar mais de uma lesão nodular.
     
  • Rabdomiossarcoma. É o tipo mais frequente de sarcoma de partes moles observado em crianças.
     
  • Sarcoma sinovial. É um tumor maligno dos tecidos que protegem as articulações. Os locais mais frequentes são o quadril, joelho, tornozelo e ombro. Este tumor é mais frequente em crianças e adultos jovens, mas pode acometer pessoas mais velhas.
     
  • Sarcoma pleomórfico indiferenciado. Também conhecido como histiocitoma fibroso maligno é mais frequentemente diagnosticado nos braços ou pernas. Com menos incidência no abdômen. É mais frequente em adultos. Embora a maioria tende a crescer localmente, pode se espalhar para locais distantes.

 Tumores de partes moles intermediários
 
Este tipo de tumor pode crescer e invadir os tecidos e órgãos próximos, mas tendem a não se disseminar para outras partes do corpo:

  • Dermatofibrossarcoma protuberante. É um câncer do tecido fibroso de crescimento lento, geralmente no tronco ou nos membros. Ele cresce em tecidos próximos, mas raramente se espalha para locais distantes.
     
  • Fibromatose. É o nome dado ao tumor de tecido fibroso com características entre o fibrossarcoma e tumores benignos, como fibromas e fibromatose superficial. Eles tendem a crescer lentamente, mas de forma constante. Também são denominados tumores desmoides. Raramente se espalham para locais distantes, mas causam problemas, crescendo em tecidos próximos.
     
  • Hemangioendotelioma. É um tumor dos vasos sanguíneos considerado um câncer de baixo grau, o que significa que cresce e se espalha lentamente. Cresce em tecidos próximos e, às vezes, pode se espalhar para partes distantes do corpo. Pode começar nas partes moles ou em órgãos internos, como fígado ou pulmões.
     
  • Fibrossarcoma infantil. É o sarcoma de partes moles mais frequente em crianças com menos de um ano de idade. Tende a ser de crescimento lento e é menos provável que se espalhe para outros órgãos como o fibrossarcoma adulto.
     
  • Tumor fibroso solitário. Geralmente é benigno, mas pode eventualmente ser maligno. Alguns começam na coxa, axila e pelve. Também pode começar no tecido ao redor do pulmão (pleura).

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 23/11/2021, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive