Tipos de Câncer

Câncer em Adultos Jovens

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Tipos de Câncer mais Comuns em Adultos Jovens

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 28/04/2014 - Data de atualização: 11/05/2020


Os tipos de cânceres em adultos jovens, ou seja, com idades entre 20 e 39 anos, não são exclusivos para essa faixa etária, mas os mais frequentes são diferentes aos cânceres em crianças, adultos e idosos.

Os tipos de câncer mais frequentes em adultos jovens são:

  • Câncer de mama

O câncer de mama é raro antes dos 30 anos, se tornando mais frequente à medida que as mulheres envelhecem. Entre os adultos jovens, o prognóstico é melhor para as mulheres mais velhas, no momento do diagnóstico.

O sinal mais comum do câncer de mama é um nódulo ou massa, muitas vezes duro, e indolor, embora alguns tipos podem ser moles e dolorosos. É frequente as mulheres jovens apresentarem nódulos mamários benignos. Na verdade, quanto mais jovem a mulher, maior a probabilidade de um nódulo mamário ser benigno. Embora a maioria dos nódulos da mama não seja câncer, existe sempre uma chance de que um nódulo possa ser neoplásico, mesmo em uma mulher mais jovem.

Outros possíveis sinais do câncer de mama incluem dor mamária, espessamento da pele da mama, alterações no mamilo ou vazamento de líquido pelo mamilo.

Independente da idade da mulher, os nódulos mamários e quaisquer outras alterações nas mamas devem ser investigadas para se ter certeza de que não são malignos.

  • Linfomas

Os linfomas começam nas células do sistema imunológico chamadas linfócitos. Esse tipo de câncer ataca com mais frequência os linfonodos e outros tecidos linfoides, como as amígdalas ou timo. Eles também podem afetar a medula óssea e outros órgãos. Podem apresentar sintomas diferentes dependendo da região onde se desenvolvem. Os sintomas mais comuns incluem perda de peso, febre, sudorese, cansaço e aparecimento de nódulos no pescoço, axila ou virilha.

Os tipos principais de linfoma, que podem ocorrem em adultos jovens, são:

Linfoma de Hodgkin. É o mais comum em duas faixas etárias: no final da adolescência e início da idade adulta (em torno dos 15 a 40 anos) e na idade adulta tardia (após 55 anos). Esse tipo de câncer se apresenta de forma similar em todos os grupos etários, o que inclui suas formas de tratamento.

Linfoma não Hodgkin. É menos frequente que o linfoma de Hodgkin em adultos jovens, mas o risco de linfoma não Hodgkin aumenta com a idade. Existem muitos tipos de linfoma não Hodgkin e alguns dos mais frequentes em adultos jovens tendem a se desenvolver mais rapidamente e necessitam de tratamento mais intensivo, no entanto eles respondem melhor ao tratamento do que um linfoma não Hodgkin em pessoas mais velhas e idosos.

  • Melanoma

O melanoma é um tipo de câncer de pele. Embora a probabilidade de ocorrer um melanoma seja maior em adultos mais velhos, esse é um dos tipos de câncer que também é diagnosticado em pessoas mais jovens. Na verdade, o melanoma é um dos mais comuns em pessoas com menos de 30 anos, especialmente nas mulheres mais jovens. O melanoma hereditário pode ocorrer em pessoas mais jovens.

O alerta mais importante para o melanoma é o aparecimento de uma pinta nova ou uma pinta que muda de tamanho, forma ou cor. Uma pinta que parece ser diferente de todas as outras pintas também pode ser um alerta. Se você perceber alguma alteração na sua pele ou aparecimento de algum sinal de alerta, consulte um médico imediatamente, para que a causa seja diagnosticada, e se necessário, iniciado o tratamento.

A chance de cura de um melanoma geralmente é muito boa se diagnosticado e tratado em estágio inicial. Mas, o diagnóstico tardio torna o tratamento mais difícil.

  • Tumores ósseos e Sarcomas de partes moles

Os sarcomas são cânceres que começam no tecido conjuntivo, por exemplo, músculos, ossos ou células gordurosas. Existem dois tipos principais de sarcoma: sarcomas ósseos e sarcomas de partes moles. Os sarcomas podem se desenvolver em qualquer idade, mas alguns tipos ocorrem com mais frequência em adolescentes e em adultos jovens.

Sarcoma de partes moles. Esses sarcomas podem começar em qualquer parte do corpo, mas na maioria das vezes se desenvolvem nos braços ou pernas. O rabdomiossarcoma, um câncer que começa nas células que compõem os músculos esqueléticos, é mais comum em crianças com menos de 10 anos, mas também pode se desenvolver em adolescentes e adultos jovens. A maioria dos outros tipos de sarcomas de partes moles se torna mais frequente com a idade. Os sintomas dependem do local onde se iniciam e podem incluir nódulos, inchaço ou problemas intestinais.

Sarcomas ósseos. Os dois tipos mais comuns de tumor ósseo: osteossarcoma e sarcoma de Ewing são mais frequentes em adolescentes, mas também podem se desenvolver em adultos jovens. Uma característica é que provocam dor óssea que piora à noite ou com atividade física. Eles também podem causar inchaço na área do osso onde está localizado.

Osteossarcoma. Esse tipo de sarcoma geralmente começa em áreas de crescimento rápido do osso, como perto das extremidades dos ossos longos das pernas ou braços. Os locais mais comuns para o sarcoma de Ewing se iniciar são os ossos da pelve, parede torácica ou no meio dos ossos longos das pernas.

  • Cânceres do trato genital feminino

A maioria dos casos de câncer de colo do útero é diagnosticada em mulheres com menos de 50 anos. Raramente ocorre em mulheres com menos de 20 anos. A maioria dos casos pode ser diagnosticada precocemente, ou durante exames de rastreamento. As vacinas contra o HPV, o vírus relacionado à maioria dos cânceres de colo do útero, também podem ajudar a prevenir a doença. O sintoma mais comum do câncer de colo do útero é o sangramento vaginal anormal.

Em geral, o câncer de ovário é mais comum em mulheres mais velhas, do que em mulheres com menos de 40 anos. Mas alguns tipos de câncer de ovário, conhecidos como tumores de células germinativas, são mais comuns em adolescentes e mulheres jovens. O câncer de ovário em estágio inicial geralmente não provoca sintomas, mas algumas mulheres podem sentir saciedade após as refeições ou apresentar inchaço abdominal anormal, dor de barriga ou sintomas urinários. Se esses sintomas persistirem mais do que algumas semanas, devem ser investigados por um médico, para que a causa seja diagnosticada e, se necessário, iniciado o tratamento.

  • Câncer de tireoide

O risco de câncer de tireoide aumenta com a idade, mas muitas vezes é diagnosticado em pessoas mais jovens do que a maioria dos outros tipos de câncer em adultos. É muito mais frequente em mulheres do que em homens.

O sinal mais comum do câncer de tireoide é o aparecimento de um nódulo na parte anterior do pescoço. A maioria dos nódulos da tireoide é benigna, mas é importante investigar para confirmar o diagnóstico. Outros sintomas do câncer de tireoide podem incluir dor ou inchaço no pescoço, dificuldade para respirar ou engolir e rouquidão.

A chance de cura desse tipo de câncer geralmente é muito boa, especialmente em adultos jovens.

  • Câncer de testículo

O câncer de testículo, geralmente, se desenvolve em homens jovens. Cerca de metade dos casos de câncer de testículo ocorre entre os 20 a 34 anos, mas pode ocorrer em qualquer idade.

Na maioria das vezes, o primeiro sintoma do câncer de testículo é um nódulo, aumento de volume ou inchaço do testículo. Alguns tumores testiculares podem ser dolorosos, mas a maioria é indolor. É importante que todas as alterações como nódulos ou protuberâncias sejam examinadas por um médico o mais rapidamente possível, para que a causa seja diagnosticada e, se necessário, iniciado o tratamento.

Em geral, o prognóstico para o câncer de testículo é muito bom, e a maioria desses cânceres podem ser curados.

  • Câncer colorretal

O câncer colorretal é muito mais frequente em idosos, mas podem ocorrer em qualquer idade. Em adultos jovens, é mais provável que estejam ligados a uma condição genética hereditária que pode aumentar o risco de desenvolver a doença. Os exames de rastreamento podem diagnosticar o câncer colorretal precocemente, mas o rastreamento não é recomendado para adultos jovens, a menos que eles tenham fatores de risco conhecidos, como uma condição hereditária.

Os sintomas do câncer colorretal podem incluir hemorragia retal, fezes escuras, alterações no hábito intestinal, dor de barriga, perda de apetite e perda de peso.

Entre os adultos jovens, o prognóstico para esse tipo de câncer é melhor do que para os mais idosos, no momento do diagnóstico.

  • Tumores cerebrais e da medula espinhal

Existem muitos tipos de tumores cerebrais e da medula espinhal, e o tratamento e prognóstico para cada um é diferente. Em crianças, a maioria dos tumores cerebrais se inicia na parte inferior do cérebro, cerebelo ou tronco cerebral. Os adultos são mais propensos a desenvolver tumores na parte superior do cérebro. Os tumores em adolescentes podem ocorrer em qualquer área. Os tumores da medula espinhal são menos comuns do que os tumores cerebrais em todas as faixas etárias .

Os tumores cerebrais podem provocar dores de cabeça, náuseas, vômitos, visão dupla ou embaçada, tonturas, convulsões, dificuldade para andar ou manusear objetos entre outros sintomas.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 24/10/2019, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive