Luta para superar câncer inspira jovem a orientar na web sobre a doença

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 01/11/2019 - Data de atualização: 01/11/2019

Luta para superar câncer inspira jovem a orientar na web sobre a doença — Foto: Arquivo Pessoal

A luta de Sonia Niara Sales para superar o câncer a inspirou a auxiliar outros pacientes contra a doença. Na web, a jovem de 28 anos encontrou uma alternativa para informar sobre temas relacionados ao câncer.

Sonia mantém um canal de vídeos com 17,7 mil inscritos e um perfil com 4,7 mil seguidores com informações sobre a doença. Ela afirma que durante o tratamento encontrou muita desinformação sobre o câncer e decidiu falar sobre o assunto para ajudar outras pessoas que enfrentam a doença.

"Eu recebia mensagens milagrosas, notícias falsas de alimentos que curam câncer, que usar sutiã causa câncer de mama, remédios que prometiam a cura”, relata.

Além disso, ela afirma que também tinha dificuldade porque os textos eram muito técnicos. "Quando eu pesquisava eram dados, números, pesquisas, e eu queria ver a história das pessoas porque os números nos assustam e pra quem tá vivendo essa fase, é desanimador", relata.

Doença e inspiração
Sonia estudava medicina veterinária quando começou a sentir sintomas como caroços, coceiras pelo corpo e muito cansaço. Ela procurou um médico e foi diagnosticada com o câncer de Linfoma de Hodgkin no último estágio de evolução. A universitária que morava em Jaboticabal para estudar, precisou voltar para a casa em Jambeiro (SP) para começar os tratamentos.

Os cuidados na primeira fase da quimioterapia foram fundamentais para o tratamento. "Eu podia ter uma vida normal, mas tinha que ter cautela na hora de frequentar lugares com muitas pessoas, sem ventilação e com aglomerações então surgiu a ideia do blog, eu queria fazer uma plataforma em que as pessoas pudessem aprender alguma coisa sobre a doença", diz.

Com base na sua experiência, Sonia começou a 'traduzir' os termos médicos e buscar fontes especializadas para se informar. Como paciente, no seu blog ela instruía as pessoas a sempre procurarem os tratamentos convencionais se recebessem essas notícias viralizadas. "Porque ao receber e acreditar nessas informações, o maior risco é a nossa vida".

Após receber alta em 2016, Sonia começou a cursar Jornalismo com o objetivo de seguir atuando com seus projetos, seu blog e canal. A influenciadora se dedica às produções na área de saúde, em especial à produção e esclarecimentos de informações que circulam na rede sobre câncer.

"Apesar de cada caso ser um caso, o paciente não pode desanimar. Não acredite em tudo que recebe em aplicativos e redes sociais. Procure um especialista. A esperança tem que nos motivar sempre".

Fonte: G1

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.






A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive