Lilian Ribeiro denuncia falta de investimento para tratar câncer pelo SUS

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 26/01/2022 - Data de atualização: 26/01/2022

A jornalista Lilian Ribeiro, que no ano passado falou ao vivo na GloboNews sobre seu diagnóstico de câncer de mama, usou as redes sociais para denunciar a demora na fila da espera para operar pacientes oncológicos pelo SUS.

Ela narrou o caso de uma dona de casa com câncer de mama que está esperando sua cirurgia desde outubro, e ontem recebeu a notícia de que está com metástases no fígado e nos ossos: "O que dizer a essa mulher?"

Desde outubro, ela vinha esperando pra conseguir ser operada num hospital público. Ela estava no sistema, exames prontos, mas esperando a fila andar. O tempo passou e hoje ela recebeu a notícia de que está com metástases no fígado e nos ossos. O que dizer a essa mulher?

-- Lilian Ribeiro (@eulilianribeiro) January 24, 2022
"Pense aí em oito mulheres que você ama. Agora, preste atenção no seguinte: uma a cada oito brasileiras vai receber o diagnóstico de câncer de mama ao longo da sua vida. A gente não pode admitir um sistema que deixa mulheres numa fila como essa, né?! A gente não pode", escreveu Lilian.

Ela finalizou afirmando que a única possibilidade de melhora é o investimento na saúde pública: "Que fique claro: é a defesa do SUS, o investimento nele e seu aperfeiçoamento que podem nos levar a um sistema digno pra TODAS as pessoas que lutam contra o câncer".

Fonte: Uol 






Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive