Fique atento ao câncer de pênis, que pode levar à amputação do órgão

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 15/02/2022 - Data de atualização: 15/02/2022

O câncer de pênis é um tumor raro, com maior incidência em indivíduos a partir dos 50 anos de idade, muito embora tumores malignos do pênis possam ser encontrados em indivíduos jovens. Apesar de pouco divulgado, o câncer de pênis é uma preocupação no Brasil.

Dados do Ministério da Saúde apontam que, nos últimos quatro anos, o país registrou mais de oito mil casos desse tipo de tumor. A doença fez com que, nos últimos 14 anos, mais de sete mil homens tivessem de amputar o órgão sexual para tratar o câncer – média de 515 procedimentos por ano.

Segundo a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas homens que não foram operados de fimose possuem maior probabilidade de desenvolver este tipo de câncer. A fimose ocorre quando a pele de prepúcio é muito estreita ou pouco elástica, o que impede a exposição da glande (“cabeça” do pênis), dificultando assim uma limpeza adequada.

Outro fator de risco é a prática sexual com diferentes parceiros sem o uso de camisinha. A utilização da camisinha é imprescindível em qualquer relação sexual, pois ela diminui a chance de contágio de doenças sexualmente transmissíveis, como o vírus HPV (papilomavírus humano), por exemplo. Alguns estudos científicos sugerem a associação entre infecção pelo HPV e câncer de pênis.

A maioria dos tumores que acomete o órgão sexual masculino é indolor, mas você deve ficar atento a qualquer um dos seguintes sinais:

  • Dificuldade para baixar o prepúcio (fimose)
  • Mancha ou ferida no pênis que não cicatriza após quatro semanas
  • Sangramento do pênis ou sob o prepúcio
  • Odor fétido sob o prepúcio
  • Mudança na cor da pele do pênis ou do prepúcio
  • Erupção no pênis que persiste apesar de tratamento

“Às vezes, os cânceres iniciais aparecem como manchas de cor marrom azulada, ou como uma erupção cutânea vermelha ou pequenas protuberâncias com crostas. Muitas vezes, os tumores só são visíveis quando o prepúcio é puxado para trás”, alerta a Universidade College de Londres.

Esses sintomas também são associados a outras condições além do câncer. Como a maioria dos tumores, o câncer de pênis é mais fácil de tratar se for diagnosticado precocemente.

Por isso é preciso consultar um urologista periodicamente.

Fonte: IstoÉ Dinheiro 






Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive