Diagnóstico de câncer com cera de ouvido é tema de estudo

Ver conteúdo relacionado
  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 16/10/2019 - Data de atualização: 16/10/2019

O que houve?

No dia 23 de outubro, às 09h30, o coordenador da pesquisa do laboratório de Química da Universidade Federal de Goiás, Nelson Antoniosi, apresentará à Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados, o estudo que identificou 27 substâncias que, se estiverem presentes na cera do ouvido podem indicar a existência de câncer em alguma parte do corpo.

O convite foi proposto pela deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), através do Requerimento n° 322/19, aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) nesta quarta-feira (16).  

De acordo com a deputada, 102 voluntários participaram do estudo. “Com a pesquisa, em cinco horas é possível verificar se o paciente tem ou não câncer. O estudo também revelou que o exame é capaz de detectar a doença ainda no estágio inicial, o que aumenta a chance de cura”, explicou.

E agora?

O coordenador da pesquisa do laboratório de Química da Universidade Federal de Goiás, Nelson Antoniosi, estará na Comissão de Seguridade.




Folhetos Diferentes materiais educativos para download

A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Ver versão completa do site. Desenvolvido por Lookmysite Interactive