Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Você e seu Parceiro

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 07/10/2014 - Data de atualização: 15/02/2016


Ninguém pode prometer que não haverá altos e baixos. Enquanto você está se preocupando com a sua aparência, o seu parceiro pode estar ansioso e preocupado, pensando em várias coisas: "Será que a culpa é minha? Será que eu contribuí de alguma forma para a doença? Será que a radiação vai passar para mim se eu encostar nela? O câncer é contagioso? Quando será que eu vou começar a me preocupar com a minha saúde e levar uma vida mais saudável também?”.

Se já é difícil para você entender suas necessidades e preocupações, explicar para o seu parceiro pode ser ainda mais. Você sabe que seu parceiro tem se esforçado para ajudá-la, mas se sentir que precisa de algo a mais, peça de forma positiva, sempre mostrando que você reconhece o que ele faz por você: "Você tem me ajudado bastante, feito a diferença no meu tratamento, mas o que eu preciso agora é ficar perto de você e contar o que estou sentindo e pensando. Eu preciso que você me escute e me dê apoio”.

Comunicação é a Chave

Falar e ouvir o que o outro tem a dizer é a chave de qualquer relacionamento. Mas a maioria das pessoas não tem a menor ideia sobre como falar sobre algo tão delicado como o câncer.

O câncer de mama pode desestruturar alguns relacionamentos, mas boas relações podem ser fortalecidas quando o casal compartilha e supera junto as dificuldades. Seu parceiro pode ter dúvidas e medos, e até mesmo sentir falta da pessoa que você era antes da doença, assim como você também tem suas próprias dúvidas e medos. Mas isso não significa que ele não goste mais de você ou queira te deixar.

Você deveria estar nesse relacionamento?

Se, em decorrência da doença, a autoestima for afetada, provavelmente você acredita que seu marido está lhe enxergando com outros olhos e que não a deseja mais como antes.

Uma consequência dessa baixa autoestima é o medo de ser abandonada. É verdade que, em alguns casos, o homem vê as mudanças no corpo de sua parceira como uma reflexão pessoal e precisa sair e espairecer. Já alguns homens simplesmente desmoronam frente a tanta pressão.

No entanto após um diagnóstico de câncer de mama, muitas mulheres acabam deixando seus maridos, assim como muitas, também, são abandonadas por eles. Muitos homens não conseguem aceitar ou lidar com as mudanças no corpo da esposa devido ao câncer.

Casamentos mal sucedidos não têm que continuar, independente de qualquer doença. Às vezes, o choque que provoca um diagnóstico de câncer faz com que os parceiros coloquem a culpa de seus problemas na doença e resolvem, então, procurar ajuda de uma terceira pessoa.

Uma mulher independente pode tornar-se oprimida e dependente após descobrir o câncer. Esse momento frágil e delicado pode conturbar o casamento, até que a paciente se reestabeleça e volte a ser ela mesma.

Apoio Mútuo

É sempre bom ter um parceiro que te entenda e colabore. Pode fazer bem para você e te ajudar a recuperar a autoestima e sua antiga confiança, mas isso não significa que ele também não esteja sofrendo por dentro. Cada um controla e expressa suas emoções de um jeito diferente.

O câncer de mama se tornou tão comum que a maioria dos homens conhece alguém próximo que tem ou teve a doença. Não se pode prever como alguém vai lidar com o câncer, mas não há dúvida de que muitos homens apoiam suas parceiras e mantém o relacionamento tranquilamente.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive