Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

UFSCar convida mulheres curadas do câncer para tratar sintomas físicos, psicológicos e cognitivos

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/07/2019 - Data de atualização: 24/07/2019


Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) — Foto: Claudinei Junior/G1

A Unidade Saúde Escola (USE) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está convidando mulheres curadas do câncer para participarem de uma atividade de extensão que promove a intervenção para tratar sintomas físicos, psicológicos e cognitivos que permaneceram após o enfrentamento da doença.

A atividade "Promoção da saúde baseada em Mindfulness (MBHP) para mulheres que sobreviveram ao câncer" é voltada a mulheres acima de 18 anos, que tenham encerrado o tratamento para qualquer tipo de câncer, exceto de mama, e que não estejam em fase aguda de qualquer transtorno psiquiátrico.

O Programa será desenvolvido a partir de 20 de agosto, na USE, ao longo de 8 encontros, com duração de 2 horas semanais.

Apresentação do programa
No dia 30 de julho haverá uma palestra de apresentação do programa para as interessadas. Serão dois horários, às 10h e às 14h, na própria USE, localizada na área norte da UFSCar. Após o evento, serão agendados horários de entrevista individual para triagem das mulheres interessadas em participar.

O projeto é coordenado pela psicóloga da USE, Daniela Xavier de Souza, e promoverá uma intervenção em grupo. Segundo ela, apesar da taxa de sobrevivência ao câncer ter evoluído nos últimos anos, as consequências do adoecimento e do tratamento acompanham as pessoas e afetam a qualidade de vida de quem venceu a doença.

A Enfermeira Monica Jordão de Souza Pinto, que trabalha no Serviço de Medicina do Trabalho da UFSCar também participará da organização da Atividade.

Atenção plena
De acordo com Daniela, atenção plena estimula a capacidade do indivíduo estar atento ao momento presente de maneira intencional, com abertura, curiosidade e aceitação da própria experiência.

"Esta capacidade é pouco exercitada, em especial nos dias atuais em que nossa sociedade considera comum e até desejável a realização de tarefas simultâneas e automáticas", explica.

As vagas são limitadas e outras informações podem ser obtidas pelo e-mail danielaxaviersouza@gmail.com.

Fonte: G1

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive