Tipos de Câncer

Linfoma Não Hodgkin em Crianças

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Taxa de Sobrevida para Linfoma Não Hodgkin em Crianças

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 28/05/2017 - Data de atualização: 28/05/2017


Os recentes avanços no tratamento aumentaram as taxas de sobrevida global para crianças com linfoma não Hodgkin nas últimas décadas. A taxa de sobrevida em 5 anos é usada para muitos tipos de câncer para se referir a porcentagem de pacientes que vivem pelo menos 5 anos após serem diagnosticados com câncer. No que diz respeito às crianças com linfoma não Hodgkin, aqueles que ainda estão vivos e livres de doença após 5 anos, provavelmente estão curados, porque é raro o linfoma recidivar após tanto tempo.

As taxas de sobrevida são uma maneira padrão para os médicos discutirem e compararem o prognóstico de pessoas com câncer. Atualmente, essas taxas estão baseadas em crianças diagnosticadas e tratadas há muitos anos. Entretanto, as melhorias no tratamento, podem significar uma melhor perspectiva para as crianças diagnosticadas recentemente.

As taxas de sobrevida às vezes podem ser úteis como um guia geral, mas podem não refletir com precisão o prognóstico de uma criança. Muitos fatores podem afetar esse prognóstico, como tipo de linfoma, localização, tamanho do tumor e como o linfoma responde ao tratamento. Portanto, apenas o médico de seu filho pode dizer como os dados abaixo se aplicam ao caso de seu filho.

As estatísticas abaixo estão baseadas nos resultados de vários estudos que utilizaram diferentes esquemas de tratamento ou incluíram grupos ligeiramente diferentes de pacientes:

  • Linfoma Linfoblástico. Com tratamento intensivo, cerca de 90% das crianças com linfoma linfoblástico estágio I ou II podem ser curadas. A taxa de cura para linfoma linfoblástico estágios avançados (III ou IV) é geralmente superior a 80%.

  • Linfoma de Burkitt. O tratamento dos linfomas de Burkitt, estágio I e II, é geralmente muito bem sucedido, com uma taxa de cura de mais de 90%. A taxa de cura para crianças com linfoma de Burkitt avançado (estágio III ou IV) varia entre 80% a 90%.

  • Linfomas de Grandes Células. A taxa de cura para os linfomas difusos de grandes células B é superior a 90% para os estágio I e II e é ligeiramente mais baixa para linfoma anaplásico de grandes células. A taxa de cura de crianças com linfomas difusos de grandes células B avançados (estágio III ou IV) é cerca de 80% a 90%. Para o linfoma anaplásico de grandes células avançado, a taxa de cura é cerca de 60% a 75%.

Fonte: American Cancer Society (27/01/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive