Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Superando a Ansiedade

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 16/02/2016 - Data de atualização: 16/02/2016


Muitos casais acreditam que o sexo sempre deve acontecer no calor do momento, com pouco ou nenhum planejamento. Mas, às vezes você está lidando com sintomas relacionados ao câncer ou efeitos colaterais do tratamento que torna praticamente impossível ser espontâneo como no passado. O mais importante é discutir e começar a programar um tempo de relax juntos. Muitos casais precisam reiniciar sua vida amorosa lentamente.

Parte da ansiedade para o reinício da atividade sexual é causada pela pressão para satisfazer o seu parceiro. Uma maneira de explorar a sua própria capacidade para o sexo é começar consigo mesmo. A masturbação não é uma etapa necessária para retomar sua vida sexual, mas pode ajudar. Acariciando seus próprios órgãos genitais e até mesmo chegando ao orgasmo, você pode descobrir se o tratamento contra o câncer mudou sua resposta sexual sem se preocupar com frustrar a sua/seu parceira(o). Isso também pode ajuda a descobrir onde você é mais sensível ou sente dor, para que sua/seu parceira(o) o saiba.

Muitos de nós podemos ter aprendido quando crianças que a masturbação está errada e é uma vergonha. Mas é uma experiência positiva e normal. A maioria dos homens e mulheres já acariciou seus próprios genitais em algum momento da vida. Muitas pessoas que tem uma vida sexual boa e ativa ainda se masturbam. Homens e mulheres com 70, 80 e 90 anos ainda desfrutam da autoestimulação.

Se você se sente à vontade, tente acariciar não só seus genitais, mas todas as partes sensíveis do seu corpo. Observe as diferentes sensações de prazer que você pode ter. Mais tarde você pode ensinar a/o sua/seu parceira(o) suas novas descobertas. Mesmo que o tratamento do câncer não mudem suas respostas sexuais, você pode encontrar algumas novas experiências para melhorar sua rotina sexual.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive