Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Sociedade Americana de Câncer atualiza diretrizes para prevenção do câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 29/06/2020 - Data de atualização: 29/06/2020


Quem acompanha minha coluna aqui no Saúde Plena, ou já assistiu a uma de minhas palestras, deve saber que sou enfático sobre a importância da prevenção do câncer por meio do controle dos fatores de risco, sejam eles hereditários – testes genéticos detectam as Síndromes de Predisposição Hereditária permitindo uma prevenção personalizada –, sejam relacionados à adoção de hábitos de vida saudáveis. Além de minha experiência clínica demonstrar que a prevenção é sempre o melhor caminho, as pesquisas comprovam que praticamente metade dos casos de câncer são evitáveis.

Evidenciando a relevância da prevenção, a Sociedade Americana de Câncer (American Cancer Society) atualizou suas diretrizes sobre dieta e atividade física para prevenção do câncer, com base nas evidências mais recentes publicadas desde a última atualização em 2012.  O documento foi publicado por Rock et al em CA: A Cancer Journal for Clinicians. 

Os pesquisadores enfatizaram que manter um peso saudável, permanecer ativo durante toda a vida, seguir um padrão de alimentação saudável e evitar ou limitar o álcool podem reduzir bastante o risco de uma pessoa desenvolver ou morrer de câncer.

Pelo menos 18% de todos os casos de câncer nos Estados Unidos estão relacionados a uma combinação desses fatores. Conforme as novas orientações, esses hábitos de vida são os comportamentos mais importantes, além de abster-se de fumar, algo que as pessoas podem controlar e mudar para ajudar a diminuir o risco de câncer.

Manter a prática de atividade física, comer menos ou abster-se totalmente da ingestão de carne processada e vermelha, assim como evitar ou pelo menos reduzir o consumo de álcool também estão entre as recomendações.

Confira as principais instruções:

  • Manter um peso corporal saudável ao longo da vida.
  • Os adultos devem ter 150 a 300 minutos de atividade física de intensidade moderada por semana, 75 a 150 minutos de atividade física de intensidade vigorosa ou uma combinação.  Conseguir 300 minutos - ou até mais - por semana conferirá mais benefícios à saúde.
  • Crianças e adolescentes devem ter pelo menos 1 hora de atividade de intensidade moderada ou vigorosa por dia;
  • Gastar menos tempo sentado ou deitado;
  • Comer uma variedade colorida de legumes e frutas, e muitos grãos integrais e arroz integral;
  • Evitar ou limitar a ingestão de carnes vermelhas, como carne, porco e cordeiro, e carnes processadas, como bacon, salsicha, carnes deliciosas e cachorros-quentes;
  • Evitar ou limitar bebidas açucaradas, alimentos altamente processados %u200B%u200Be produtos refinados de grãos;
  • É melhor não beber álcool; se o álcool é consumido, as mulheres não devem tomar mais de uma bebida por dia e os homens devem ter mais de duas (uma bebida é definida como 12 onças de cerveja comum, 5 onças de vinho ou 1,5 onças de destilados à prova de 80).

As recomendações baseiam-se na ciência atual que mostra que a forma geral como você come - em vez de alimentos ou nutrientes específicos - é importante para reduzir o risco de câncer e melhorar a saúde geral. 

Muitas pessoas me perguntam se existe um determinado alimento que evite definitivamente  o câncer. No entanto, a ciência vem mostrando que não há um alimento ou grupo alimentar específico para alcançar uma redução significativa no risco de câncer.
 
A nova diretriz indica que as pessoas devem comer alimentos integrais, e não nutrientes individuais, porque as evidências continuam sugerindo que padrões alimentares saudáveis %u200B%u200Bestão associados ao menor risco de câncer - especialmente câncer colorretal e de mama. 

Ou seja, de nada adianta comer brócolis todo dia, se, em geral, a alimentação é rica em gorduras saturadas, carnes vermelhas e processadas, não há prática de atividade física etc.

O documento também inclui respostas a perguntas comuns colocadas pelo público em geral, incluindo informações sobre culturas geneticamente modificadas, dietas sem glúten, sucos para limpezas (os chamados detox) e muito mais, sendo estas algumas delas:
 

  • Atualmente, não há evidências de que os alimentos feitos com culturas geneticamente modificadas sejam prejudiciais à saúde ou que afetem o risco de câncer;
  • Pessoas com doença celíaca não devem comer glúten. Para pessoas sem doença celíaca, não há evidências ligando uma dieta sem glúten a um menor risco de câncer.  Existem muitos estudos que vinculam grãos integrais, incluindo aqueles com glúten, com menor risco de câncer de cólon;
  • Não há evidências científicas para apoiar alegações de que beber apenas suco por 1 ou mais dias (uma “limpeza de suco”, “suco detox”) reduz o risco de câncer ou fornece outros benefícios à saúde. Uma dieta limitada ao suco pode não ter alguns nutrientes importantes e, em alguns casos, pode até levar a problemas de saúde.

Como podem perceber, a ciência segue avançando de forma inimaginável nos primórdios da oncologia, a exemplo dos testes de sangue e de swab bucal que podem identificar mutações genéticas causadoras do desenvolvimento do câncer. Contudo, a principal ferramenta individual contra a doença ainda é a prevenção por meio do conjunto de hábitos de vida que incluem alimentação, comportamentos e qualidade de vida. Fiquemos atentos!

Fonte: Uai

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive