Tipos de Câncer

Câncer de Pele Basocelular e Espinocelular

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Astellas UICC Libbs GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Sinais e Sintomas do Câncer de Pele Basocelular e Espinocelular

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 07/09/2015 - Data de atualização: 20/08/2020


O câncer de pele geralmente não causa sintomas importantes ou que incomodem até as lesões se tornarem muito grandes, as lesões podem coçar, sangrar ou mesmo apresentar dor intensa. Mas normalmente são visíveis e podem ser descobertas muito antes de chegar a esse ponto.

Câncer de pele basocelular

O carcinoma basocelular geralmente se desenvolve em áreas expostas ao sol, especialmente na cabeça e no pescoço, mas pode surgir em qualquer parte do corpo.

Os principais sinais e sintomas dos carcinomas basocelulares são:

  • Cicatriz com área branca, amarela ou cerosa, e bordas mal definidas.
  • Área avermelhada, em relevo ou irritada, que pode coçar.
  • Protuberância de cor rósea brilhante, avermelhada, branco perolado ou transparente.
  • Lesão rósea com borda elevada e parte central com crosta.
  • Ferida com sangramento, que permanece aberta durante várias semanas.

Câncer de pele espinocelular

O carcinoma espinocelular tende a ocorrer em áreas do corpo expostas ao sol, como face, orelha, pescoço, lábios e dorso das mãos. Também pode se desenvolver em cicatrizes ou feridas em outros locais da pele.

Os principais sinais e sintomas dos carcinomas espinocelulares são:

  • Mancha persistente, escamosa, vermelha, com bordas irregulares que sangra facilmente.
  • Crescimento elevado, às vezes com uma área côncava no centro.
  • Ferida que não cicatriza que persiste por semanas.
  • Crescimentos similares a verrugas.

Esses e outros tipos de câncer de pele também podem ter aspectos diferentes dos citados acima, por isso é importante que qualquer alteração na pele seja examinada por seu médico para que a causa seja diagnosticada e, se necessário, iniciado o tratamento.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 26/07/2019, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive