Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Quando realizar exames para detecção de câncer no intestino?

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 18/02/2019 - Data de atualização: 18/02/2019


Em 2018, a American Cancer Society estabeleceu novas diretrizes para o rastreamento e prevenção do câncer colorretal (intestino).

Atualmente recomenda-se que as pessoas iniciem seu programa de rastreamento regular aos 45 anos. Isso pode ser feito por testes que busquem por sinais indiretos de câncer nas fezes (exames nas fezes) ou por exames que olhem dentro do cólon e do reto.

O screening (rastreamento) para o câncer de intestino deve ser feito até os 75 anos. Para aqueles com idade entre 76 e 85 anos, a decisão de se realizar os exames preventivos deve basear-se nas preferências individuais, expectativa de vida, condições de saúde do paciente, bem como no histórico do screening feito até então. Considera-se 85 anos a idade em que se deve encerrar o rastreamento preventivo.

Exames para rastreamento do câncer colorretal

Para um bom rastreamento do câncer colorretal, existem duas variações com diferentes tipos de exames, são eles:

Exames de Fezes:

1. FIT (Teste Imunoquímico) - Anual

2. Sangue oculto das fezes - Anual

3. MT-sDNA (DNA Fecal) - a cada 3 anos

Exames Visuais (Estruturais):

1. Colonoscopia - a cada 5 anos

2. Colonografia Virtual por Tomografia Computadorizada - a cada 5 anos

Caso o paciente opte por outros testes que não a colonoscopia, havendo alterações em algum dos exames, o paciente deve realizar colonoscopia.

Indivíduos com maior risco de ter câncer colorretal

Os principais fatores de risco para o câncer de colorretal são:

Histórico individual de câncer colorretal ou pólipos intestinais
Histórico familial de câncer colorretal
Portadores de Doenças Inflamatórias Intestinais
Histórico familial de câncer colorretal hereditário e síndromes polipóides
Histórico de radiação (radioterapia) no abdómen ou pelve.

Estes indivíduos devem iniciar seu rastreamento e prevenção antes dos 45 anos, mais frequentemente, de forma individualizada.

Fonte: Minha Vida

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive