Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Bayer Janssen MSD Takeda Astellas UICC Libbs Abbvie Ipsen Sanofi Daiichi Sankyo GSK Avon Nestlé Servier Viatris


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Outubro Rosa: como prevenir o câncer de mama

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 06/10/2022 - Data de atualização: 06/10/2022


O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres de todo o mundo. Por isso, foi criada a campanha Outubro Rosa, com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre as formas de prevenir a doença. No Brasil, este também é o tipo mais comum entre a população feminina - de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), são estimados 66.280 novos casos para 2022.

Mamografia
Os números preocupam especialistas, que defendem que a mamografia é o caminho mais rápido para o diagnóstico precoce. Segundo estudo da UK Age Trial, a técnica é capaz de reduzir até 25% a taxa de mortalidade. 

A coordenadora do curso de Enfermagem da Faculdade Anhanguera, professora Fernanda Ingrid da Silva Toledo Santos, afirma que o fator mais importante para o sucesso nos tratamentos é o estágio em que a doença é identificada. "O rastreamento mamográfico é a melhor maneira de se prevenir, aumentar as chances de cura e contribui na redução de sequelas dos processos de radioterapia e de quimioterapia", explica a docente.

O Ministério da Saúde recomenda a realização do exame a cada dois anos para mulheres entre 50 e 69 anos - período posterior à menopausa, quando é possível identificar melhor as lesões mamárias e alterações como calcificações, nódulos e tumores. Antes disso, a densidade das mamas é maior, o que aumenta o risco de resultados falso-positivos e falso-negativos, representando uma exposição desnecessária à radiação.

No entanto, mulheres com histórico familiar da enfermidade em primeiro grau (mãe, irmãs ou filhas que desenvolveram a doença antes dos 45 anos) devem investigar sinais de irregularidades a partir dos 35 anos, com periodicidade anual.

Como prevenir o câncer de mama
Conforme o INCA, cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como:

  • Praticar atividade física;
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Amamentar seu bebê;
  • Amamentar o máximo de tempo possível é um fator de proteção contra o câncer.
  • Além disso, não fumar e evitar o tabagismo passivo também podem contribuir para a prevenção da doença.

Sintomas e chance de cura
A Sociedade Brasileira de Patologia (SBP) pede atenção para os principais sinais de alerta do câncer de mama:

  • Nódulo palpável endurecido no seio - com ou sem dor;
  • Nódulo palpável na axila;
  • Alterações na pele da mama;
  • Saída de secreções pelo mamilo.

Ao notar qualquer um destes sintomas, é preciso procurar atendimento médico imediatamente. Isso porque as chances de cura são ainda mais altas com o diagnóstico precoce. Segundo a Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (FEMAMA), a probabilidade de cura pode chegar a 95% nesses casos.

Fonte: Terra



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2023 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive