Núcleo de

Advocacy

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Operação Waze

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 11/10/2014 - Data de atualização: 24/04/2016


Defendendo o direito ao diagnóstico precoce e a transparência nas filas do SUS

O acesso ao diagnóstico do câncer com qualidade e em tempo oportuno ainda é um dos principais problemas enfrentados pelos usuários do SUS. Desafios não faltam: imensas filas de espera para realizar exames e consultas médicas, carência de médicos, equipamentos sem manutenção, além da pouca transparência na comunicação dos serviços de saúde com a população.

Em 2013, fizemos um intenso esforço para aprovação do Projeto de Lei nº 5722/13, que estabelecia o prazo de 30 dias para o diagnóstico de câncer, porém, devido ao fim da legislatura, o projeto foi arquivado definitivamente.

Nas discussões e estudos que se seguiram, avaliamos que a simples fixação de prazo, sem a adoção de outros critérios de transparência, não garantiria o acesso e ainda traria sérios comprometimentos para a gestão dos serviços de saúde.

Por essa razão, redesenhamos a iniciativa a fim de sensibilizar as autoridades a aprovar legislação capaz de contribuir na redução das filas de espera para consulta, exames e outros procedimentos de saúde no SUS, por meio da transparência nos fluxos combinada com o estabelecimento de prazos máximos de atendimento, de acordo com a avaliação médica.

Utilizando-se a lógica do aplicativo de navegação "Waze", o projeto de lei pretende estabelecer que o paciente, tão logo receba a indicação de uma consulta, exame ou procedimento, saia da unidade de saúde com um protocolo indicando local, data e horário da realização. Também obriga os gestores a divulgarem as filas de espera, sem identificação do paciente, de modo a permitir a fiscalização da sociedade, evitando fraudes e quebra injustificada na ordem de pacientes que aguardam a realização de procedimentos no SUS.

 

 

Confira abaixo os informes sobre a iniciativa:
 

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive