Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Astellas UICC Libbs GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Oncoguia e Sunlace lançam campanha para conscientização sobre o câncer de pele

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 15/05/2013 - Data de atualização: 15/05/2013


O Instituto Oncoguia, entidade sem fins lucrativos destinada a promover o acesso do cidadão à informação, prevenção e tratamento do câncer, está realizando com o patrocínio da Sunlace, marca brasileira de proteção solar, uma campanha de conscientização sobre o câncer de pele no mês de Maio, por meio de um vídeo que tem como objetivo informar a população sobre a doença e a importância do diagnóstico precoce.
 

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima-se que até 2013 cerca de 62 mil novos casos de câncer da pele não melanoma poderão ser registrados em homens e o número aumenta para mulheres, podendo chegar a 71 mil casos. No Brasil, o tumor é incidente em ambos os sexos e a exposição excessiva ao sol é o principal fator de risco.

"O melanoma é menos frequente do que os outros tumores da pele", afirma Luciana Holtz, presidente do Instituto Oncoguia. Entretanto, é o mais letal. No Brasil, a maior incidência é na região Sul e a especialista alerta que as ações de prevenção primária, como a proteção contra a radiação solar, podem diminuir o risco da doença.

A Sunlace, que lança seus produtos para proteção solar diária no mesmo mês, apoia a campanha doando, a cada visualização no canal do youtube, R$ 0,10 para a Instituição, que irá promover mais ações de alerta contra o câncer de pele.

"A marca Sunlace apoia a iniciativa do Instituto Oncoguia por reconhecer seu trabalho de apoio ao tratamento e à prevenção. Nosso objetivo é que o vídeo promova a conscientização, principalmente dos jovens, cuja principal atitude para prevenção é o uso do protetor solar” comenta a diretora geral, Deborah Jabur.

Conheça a sua pele É um método simples para detectar precocemente o câncer de pele, incluindo o melanoma. Se diagnosticado e tratado enquanto o tumor ainda não invadiu profundamente a pele, o câncer pode ser curado.

Quando fazer?

Observando sempre o seu corpo, você se familiariza com a superfície normal da sua pele. É útil anotar as datas e a aparência da pele a cada observação

Deve-se ter em mente o ABCD da transformação de uma pinta em melanoma, como descrito abaixo:

• Assimetria - uma metade diferente da outra

• Bordas irregulares - contorno mal definido

• Cor variável - várias cores numa mesma lesão: preta, castanho, branca, avermelhada ou azul

• Diâmetro - maior que 6 mm

Fonte: Instituto Nacional de Câncer (INCA)

Cuidados durante a exposição solar:

• Use um protetor solar com mínimo FPS 15;

• Aplique o protetor solar pelo menos 30 minutos antes da exposição solar;

• Reaplique o protetor solar a cada duas horas, ou imediatamente após nadar ou transpirar excessivamente;

• Evite o sol entre as 10 e 16 horas, use chapéus e óculos com proteção UV.

Sobre Sunlace
Criada em 2010 pela Protected Body do Brasil, empresa voltada para a pesquisa e desenvolvimento de soluções para a proteção da pele, a marca traz produtos para o corpo e rosto agregando múltiplas funções à proteção solar, próprias para a rotina de beleza da mulher.
 
Matéria publicada no Paran@shop, dia 23 de maio de 2012
       


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive