Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

O que são exames de imagem?

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 12/11/2014 - Data de atualização: 12/11/2014


Um exame de imagem é uma forma de exame que permite que os médicos possam ver o interior do corpo. Estes estudos podem utilizar diferentes formas de energia, como raios X, ondas sonoras, partículas radioativas e campos magnéticos, através do corpo. As mudanças nos padrões de energia produzida pelos tecidos corporais criam uma imagem ou uma fotografia. Estas imagens podem mostrar estruturas normais do corpo e suas funções, bem como anomalias provocadas ​​por doenças como o câncer.

Os exames de imagem são diferentes dos exames endoscópicos, (endoscopia digestiva alta, colonoscopia ou broncoscopia), onde são inseridos tubos flexíveis com luz e lentes ou uma câmera de vídeo, dentro do corpo do paciente. A endoscopia permite ao médico visualizar as partes internas do corpo.

Para que são feitos os exames de imagem?


Os exames de imagem para diagnóstico do câncer podem ser utilizados para:

  • Diagnosticar a doença em estágios iniciais (quando é pequena e não se espalhou), embora a pessoa não apresente sintomas. Quando usados desta forma é chamado de detecção do câncer. A mamografia é um exemplo de um exame de imagem usada ​​para a detecção do câncer.
  • Diagnosticar uma massa ou nódulo (tumor) se uma pessoa tem sintomas. Eles também permitem identificar se os sintomas são causados ​​por um tumor ou alguma outra doença. 
  • Identificar se um tumor é suscetível de ser cancerígeno. Isto permite que os médicos decidam (ou não) pela realização de uma biópsia.
  • Determinar a localização exata do tumor.
  • Estadiar a doença.
  • Planejar o tipo de tratamento a ser realizado, por exemplo, no caso da radioterapia. 
  • Verificar se um tumor diminuiu de tamanho, permaneceu o mesmo ou cresceu após o tratamento. Isso pode dar ao médico uma ideia de quão bem (ou não) o tratamento está funcionando. 
  • Detectar se o câncer voltou (recidiva) após o tratamento.

Os exames de imagem são apenas uma parte do processo de diagnóstico e tratamento do câncer. Um estudo abrangente para diagnóstico do câncer inclui também o levantamento do histórico clínico pessoal e familiar, exame físico, exames de laboratório e outros exames adicionais.

Muitos médicos solicitam radiografias ou outros exames de imagem antes do início do tratamento para manter o controle das alterações durante o mesmo. Estes são chamados de estudos de referência inicial, que são utilizados para comparações dos resultados do tratamento, bem como para o reestadiamento da doença.

Limitações da Imagem


Os exames de imagem podem detectar grandes grupos de células cancerosas, no entanto, nenhum exame pode mostrar apenas uma ou algumas células de câncer. Na realidade, são necessárias milhões de células para formar um tumor suficientemente grande para ser observado em um exame de imagem. Por esse motivo, os médicos recomendam, em alguns casos, realizar o tratamento, mesmo quando as células cancerosas não podem ser vistas nos exames de imagem.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive