Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

O que são Cuidados Paliativos?

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 27/08/2015 - Data de atualização: 27/08/2015


Os cuidados paliativos se centram na qualidade e não na duração da vida. Oferecem assistência humana e compassiva para as pessoas nas últimas fases de uma doença incurável para que possam viver o mais confortavelmente possível.

A filosofia dos cuidados paliativos aceita a morte como o estágio final da vida: ela afirma a vida e não acelera nem adia a morte. Os cuidados paliativos num hospice tratam a pessoa e não a doença, controlando os sintomas, para que os últimos dias de vida sejam dignos e com qualidade, cercado por seus entes queridos. Está também focada na família, o que inclui não só o paciente, mas sua família na tomada de decisões.

Os cuidados paliativos são realizados num hospice e consistem no tratamento para alivio dos sintomas relacionados com a doença, sem o intuito curativo. Seu principal objetivo é melhorar a qualidade de vida do paciente, que decidirá junto com seu médico e familiares quando devem começar a realizar os cuidados paliativos.

Um dos problemas com os cuidados paliativos é que é iniciado de forma tardia. Às vezes, o médico, o paciente ou familiar rejeitam a internação num hospice porque acreditam que dessa forma o paciente está se "entregando” ou que não existe mais esperança. Isso não é verdade. Se o paciente melhorar ou a doença entrar em remissão, o paciente terá alta e continuará a realizar uma série de ações contra o câncer em casa. Mas, a esperança que um hospice oferece é de uma vida de qualidade, oferecendo o melhor de cada dia durante os últimos estágios da uma doença avançada.

Alguns médicos não mencionam ou oferecem cuidados paliativos, assim o paciente ou algum familiar pode questionar sobre o assunto. Se o seu tratamento não está funcionando mais e as opções terapêuticas são cada vez menores ou caso não existam mais opções, você pode pedir ao seu médico para iniciar os cuidados paliativos.

Fonte: American Cancer Society (08/04/2014)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive