Especial

Qualidade de vida


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

O que é linfedema?

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 21/08/2015 - Data de atualização: 12/05/2020


O linfedema é o acúmulo de líquido linfático no tecido adiposo. Isso causa inchaço (edema), mais frequentemente nos braços ou pernas. O linfedema também pode acometer o rosto, pescoço, abdome e órgãos genitais. É importante saber que uma vez que o linfedema se torna crônico, não é mais possível ser curado. Lembre-se de conversar com sua equipe médica sobre os riscos de desenvolver linfedema e o que pode ser feito para diminuí-los. Portanto, uma intervenção precoce e cuidadosa poderá diminuir os sintomas e em casos de linfedema já instalado, evitar que piorem.

O sistema linfático

O sistema linfático faz parte do sistema imunológico do corpo. Nosso organismo tem uma rede de vasos linfáticos e linfonodos que coletam e transportam o líquido linfático, composto de proteínas, sais minerais, água e glóbulos brancos do sangue. Nos vasos linfáticos, válvulas unidirecionais trabalham junto com os músculos do corpo para ajudar a movimentar o líquido através do corpo. Os linfonodos são pequenas coleções de tecido que funcionam como filtros para substâncias nocivas e nos ajudam a combater infecções.

Como o linfedema começa?

Em pacientes oncológicos, o acúmulo de líquido linfático pode ser causado por:

  • Cirurgia oncológica, principalmente quando os linfonodos são removidos.
  • Radioterapia que pode lesionar tecidos próximos, podendo incluir os linfonodos ou os vasos linfáticos.
  • Infecções que danificam o tecido circundante ou provocam cicatrizes.
  • Outras condições clínicas, como doenças cardíacas ou vasculares, artrite e eczema.
  • Alterações genéticas ou mutações que envolvam o sistema linfático.
  • Lesão ou trauma em uma determinada área do corpo.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 01/02/2020, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive