Tipos de Câncer

Tumor Estromal Gastrointestinal (GIST)


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Novidades no Tratamento do Tumor Estromal Gastrointestinal (GIST)

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 12/05/2013 - Data de atualização: 06/08/2020


Muitas pesquisas sobre os tumores estromais gastrointestinais (GIST), especialmente na área de tratamento, estão em desenvolvimento em diversos centros médicos no mundo inteiro.

  • Terapia alvo

Os médicos sabem que tratamentos com terapia alvo, como o imatinibe, sunitinibe, regorafenibe e ripretinibe, muitas vezes, oferecem bons resultados, mas eles ainda não sabem exatamente como e quando administrá-los para torná-los mais eficazes. No momento a resposta para essa questão está sendo investigada em ensaios clínicos.

Outros medicamentos que têm como alvo as proteínas KIT ou PDGFRA também estão em estudo para uso contra o GIST. Alguns deles, como o sorafenibe, nilotinibe, dasatinibe, pazopanibe e ponatinibe têm ajudado alguns pacientes em estudos iniciais. Outros medicamentos, que tem como alvo essas proteínas, como crenolanib e binimetinib, também estão sendo estudados.

Outros medicamentos que têm como alvo diferentes proteínas envolvidas no crescimento de células tumorais também estão sendo investigadas.

  • Imunoterapia

A imunoterapia é um tipo de terapia sistêmica que usa medicamentos que estimulam o sistema imunológico a destruir as células cancerígenas de forma eficaz.

Inibidores do controle imunológico

As células do sistema imunológico normalmente têm proteínas que atuam como pontos de controle para evitar que o sistema imunológico ataque outras células saudáveis no organismo. As células cancerígenas, às vezes, usam esses pontos de controle para evitar serem atacadas pelo sistema imunológico.

Os medicamentos imunoterápicos modernos têm como alvo esses pontos de controle, reestabelecendo a atividade destas células da imunidade no combate às células cancerosas. Esses medicamentos se mostraram úteis contra muitos tipos de câncer nos últimos anos. Alguns desses medicamentos, como o nivolumabe e o ipilimumabe, estão sendo investigados para uso contra o tumor estromal gastrointestinal (GIST).

Anticorpos monoclonais

Os anticorpos monoclonais são versões artificiais de proteínas do sistema imunológico projetadas para atacar partes específicas das células cancerígenas. Um exemplo que está em estudo para uso com o GISTs é o XmAb18087, um anticorpo que se liga às células que têm a proteína receptora da somatostatina 2 (SSTR2) e as coloca em contato com as células T, com o objetivo de ativar o sistema imunológico do paciente a atacar as células cancerígenas.

Outros tipos de imunoterapia também estão sendo investigados.

Os pacientes com GIST que não respondem aos tratamentos convencionais devem conversar com seu médico e considerar a participação em estudos clínicos com esses novos tratamentos.

Texto originalmente publicado no site da American Cancer Society, em 18/05/2020, livremente traduzido e adaptado pela Equipe do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive