Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Menina que morreu após luta contra leucemia deixou uma carta emocionante

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 16/01/2019 - Data de atualização: 16/01/2019


(Reprodução/Facebook/Veja SP)

Antes de morrer após uma batalha contra a leucemia, a pequena Júlia, de apenas 8 anos de idade, escolheu deixar uma carta para a voluntária Gabriella Pereira, que costumava visitá-la até quatro vezes por semana em um abrigo para crianças em Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo. A menina usou as páginas de uma agenda para mostrar todo o amor e gratidão que sentia pela jovem paulista.

As palavras de Júlia foram compartilhadas por Gabriella no Facebook no dia 10 de janeiro e emocionaram internautas — até o momento, mais de 22 000 pessoas já compartilharam a homenagem na rede social. “Conheci a Júlia há uns 2 anos, em um abrigo de crianças abandonas”, explicou a jovem na publicação, revelando que a criança esperava por adoção. “Dia das Crianças, aniversário, Natal, entre outras datas, sempre tive comigo que precisava dar uma passadinha para ver a magrelinha, porque as outras crianças tinham alguém que visita e ela tinha apenas eu”, explicou a mulher, revelando o apelido carinhoso de Júlia.

A irmã da menina foi adotada quando tinha poucos meses — Júlia, no entanto, tinha 8 anos de idade e já lutava contra a leucemia. “Tenho comigo que fiz tudo que pude, todos os pedidos que fez em vida foram realizados e não me arrependo de nenhum deles. A única coisa que tive acesso foi o diário que ela pediu para a enfermeira entregar na minha mão e um bato cor de rosa”, explicou Gabriella. “Mesmo com todas as dificuldades que ela passou em 8 anos de vida, ainda me deixou uma mensagem me apoiando com sua partida”.

“Agora a Júlia é uma estrela e uma das mais lindas e guerreiras que pode existir, foi com o Papai do Céu que ela tanto queria. A dor é grande, o alívio também. Ela descansou e eu deixo essa homenagem, pela força que ela teve e por tudo que foi nesse mundo. A tia Gabi te ama, você será minha eterna melhor amiga e estará sempre em meu coração”, finalizou Gabriella na publicação. Confira: 

“Tia Gabriela, eu estou com muita dor e já quero ir morar com o papai do céu, por isso pedi para a tia Marta escrever essa carta na agenda da Branca de Neve que você me deu”, escreveu Júlia na despedida. “Pedi para a tia te ligar porque estou com saudades, mas não conseguimos falar com você, ligamos no Banco que você trabalha mas existem muitos e não sei o número do seu trabalho, não sei se a gente te espera na visita de domingo”.

“Quero pedir obrigada por me conhecer, por vir me ver e por me dar o vídeo game que eu te pedi, eu sabia que era muito caro e para comprar o vídeo game precisa vender uma casa, mesmo assim você me deu, obrigada pela sandália de salto que me deu, e por trazer aquele lanche que sempre vi na TV, obrigada por vir me ver no meu aniversário e trazer o sorvete de morango. Você é minha melhor amiga e eu queria que você fosse minha mãe, pedi para o papai do céu me fazer sarar, porque ai você ia arrumar os documentos e me adotar, você disse que ia ser difícil mas eu ia pedir para o juiz deixar você ser a minha mãe, e ele ia deixar porque você já é grande e até dirige carro”, disse Júlia na mensagem. 

“Quando eu crescer quero ser bonita igual a você! Também quero dizer na sua carta que eu amei que colocou bexigas no meu aniversário e levou até brigadeiro. Tia Gabi eu te amo, estou pintando as bolinhas do calendário igual você disse e só faltam duas fileiras para o dia do seu aniversário, mas estou muito doente e com muita dor, por isso se eu for morar com o papai do céu não fica triste, porque eu te amo e só você é a minha melhor amiga“, finalizou Júlia.

Fonte: Veja São Paulo

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive