Tipos de Câncer

Leucemia Linfoide Aguda (LLA)


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Medula Óssea e Sangue

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 03/07/2015 - Data de atualização: 20/12/2018


Para melhor entender a leucemia, é importante compreendermos os elementos que compõe o sangue e o sistema linfático.

Medula Óssea

A medula óssea é um tecido esponjoso, localizada na parte interna e central dos ossos. É composto das células formadoras de sangue, células adiposas e tecidos de suporte. Uma pequena fração das células formadoras de sangue são as células tronco.

As células tronco do sangue são as responsáveis pela produção de todas as células sanguíneas no interior da medula óssea. Neste processo, as células se desenvolvem em um dos três tipos principais de componentes celulares do sangue:

  • Glóbulos vermelhos. Os eritrócitos (glóbulos vermelhos ou hemácias) são responsáveis pelo transporte do oxigênio dos pulmões para todos os outros tecidos do corpo.
     
  • Plaquetas. As plaquetas são células pequenas responsáveis pela coagulação sanguínea.
     
  • Glóbulos brancos. Os leucócitos ou glóbulos brancos são células de defesa, que ajudam o organismo a combater infecções.

Existem diferentes tipos de glóbulos brancos:

  • Linfócitos. Os linfócitos são as células que formam o tecido linfoide, que têm como principal função manter a imunidade. O tecido linfoide é encontrado em nódulos linfáticos, como timo, baço, amígdalas e adenoides, e está espalhado por todo o aparelho digestivo, respiratório e da medula óssea. Os principais tipos de linfócitos são as células B e T.
     
  • Granulócitos. Os granulócitos são células de defesa do corpo, e são denominados assim devido a terem grânulos em sua estrutura. Estes grânulos contêm enzimas e outras substâncias que podem destruir germes, como as bactérias. Existem 3 tipos de granulócitos: neutrófilos, basófilos e eosinófilos, que se distinguem pelo tamanho e cor dos seus grânulos.
     
  • Monócitos. Os monócitos são um tipo de células brancas do sangue, relacionadas com os granulócitos, que também ajudam a proteger o organismo contra bactérias. Os monócitos que migram do sangue para os tecidos são denominados macrófagos, e são os responsáveis pela proteção dos tecidos.

Fonte: American Cancer Society (17/10/2018)

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive