Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Danone Nutricia Sanofi Grunenthal Sirtex Servier Oncologia


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Imunoterapia ganha aval contra o câncer de fígado

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 22/10/2020 - Data de atualização: 22/10/2020


Todos os anos, o câncer de fígado provoca mais de 700 mil mortes espalhadas pelo globo, 9 700 delas no Brasil. A doença se desenvolve a partir de uma primeira agressão, que pode ser provocada pelo excesso de álcool e gordura ou pelos vírus da hepatite B ou C.

Para piorar, muitas vezes evolui em silêncio, e só é descoberta quando a situação está grave. Mas há notícia boa no front: a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso associado das drogas atezolizumabe e bevacizumabe, ambas da Roche.

“A primeira é uma imunoterapia e estimula o próprio sistema imune a atacar as células tumorais, enquanto a segunda impede o crescimento de vasos sanguíneos que levariam oxigênio e nutrientes para o tumor crescer”, explica o oncologista Gustavo Fernandes, diretor do Hospital Sírio-Libanês, em Brasília. O combo será prescrito nos casos em que não há possibilidade de realizar cirurgias ou quando a doença já se espalhou para outras regiões do corpo.

Fonte: Veja Saúde



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2020 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive