Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Hemorragias e Problemas de Coagulação

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/03/2013 - Data de atualização: 24/03/2013


O tratamento do câncer tem por finalidade a cura ou alívio dos sintomas da doença. Os tratamentos com medicamentos (quimioterapia, terapia alvo, hormonioterapia), cirúrgicos e radioterápicos podem provocar efeitos colaterais que variam de paciente para paciente dependendo de múltiplos fatores, podendo ser diferentes quanto a intensidade e duração. Alguns pacientes poderão apresentar efeitos colaterais mais severos, outros mais leves ou mesmo não apresentar qualquer efeito colateral. Em caso de você apresentar algum efeito colateral devido ao tratamento que está realizando procure imediatamente seu médico para receber as orientações necessárias para seu caso.

A coagulação normal do sangue é um processo complexo, onde as células sanguíneas e as diferentes proteínas do sangue juntas cicatrizam os vasos sanguíneos danificados e controlam o sangramento. As coagulopatias ocorrem quando os fatores de coagulação se perdem ou estão danificados, ou quando o número ou função das plaquetas está debilitado. As coagulopatias incluem distúrbios de coagulação e hemorragia. Nas hemorragias, o sangue não coagula rápido o suficiente, resultando em um sangramento contínuo ou excessivo. Nos distúrbios de coagulação, o sangue coagula muito rápido e pode resultar na formação de coágulos nas veias ou artérias.

Causas

Algumas coagulopatias são herdadas, enquanto outras se desenvolvem devido a alguma doença ou tratamento com determinados medicamentos. As causas das hemorragias incluem:

  • Doença hereditária, como a hemofilia.
  • Deficiência de vitamina K.
  • Câncer no fígado.
  • Metástases no fígado (da mama, cólon e pâncreas).
  • Outras doenças hepáticas, como hepatite e cirrose hepática.
  • Uso de antibióticos anticoagulantes a longo tempo.
  • Inibidores da angiogênese.
  • Trombocitopenia (nível baixo de plaquetas).
  • Anemia.
  • Outras doenças não relacionadas ao câncer

Causas dos Problemas de Coagulação

  • Condições herdadas.
  • Câncer incluindo os do intestino delgado, esôfago e útero.
  • Distúrbios mieloproliferativos.
  • Uso de anticoncepcionais ou tamoxifeno.
  • Cirurgia.
  • Outras doenças não relacionadas ao câncer, como lúpus.

Sintomas

Pessoas com distúrbios hemorrágicos podem apresentar sintomas como:

  • Feridas com sangramento excessivo.
  • Contusão inesperada.
  • Petéquias (pequenas manchas vermelhas ou roxas sob a pele).
  • Períodos menstruais mais longos que os habituais.
  • Vômitos com sangue.
  • Fezes com sangue ou urina avermelhada.
  • Tontura, dor de cabeça ou alteração na visão.
  • Dor nas articulações.
  • Sangramento gengival.

O sintoma mais comum das coagulopatias é a trombose, que pode ocorrer em veias superficiais, profundas ou em artérias. A trombose superficial não é perigosa, mas pode causar varizes. A trombose venosa profunda pode ser fatal se pedaços do coágulo se deslocarem até os pulmões (embolia pulmonar). A trombose profunda é a mais comum nas pernas, e os sintomas incluem dor, vermelhidão e inchaço. Os sintomas da embolia pulmonar incluem dor no peito e falta de ar. A trombose arterial é extremamente perigosa, podendo causar ataque cardíaco, derrame ou danos de órgãos.

Diagnóstico

Hemorragias e distúrbios da coagulação são diagnosticados pelo histórico clínico, exame físico e exames laboratoriais. O exame de sangue inclui hemograma completo, tempo de protrombina, tempo parcial da tromboplastina, contagem de plaquetas, tempo de coagulação e verificação de deficiências nas proteínas no sangue.

Tratamento

O tratamento das hemorragias e distúrbios da coagulação depende da causa, e quando possível incluem:

  • Reposição de vitamina K.
  • Medicamentos anticoagulantes.
  • Produtos para a coagulação ou de agentes de coagulação.
  • Transfusões de sangue, plasma ou plaquetas.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive