Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

GeneOne traz para o Brasil exame que ajuda na definição de tratamento de câncer de cólon

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 24/06/2021 - Data de atualização: 24/06/2021


Uma plataforma tecnológica para medir o impacto das células imunológicas na progressão de um câncer. Esse é o Immunoscore®, exame que a GeneOne, empresa de genômica que faz parte do ecossistema Dasa, lança com exclusividade no Brasil para ajudar oncologistas a elegerem a terapêutica de pacientes com câncer de cólon. 

Até pouco tempo, a análise das características das células tumorais foi a forma principal de classificar o risco clínico desses pacientes. Com o Immunoscore®, exame desenvolvido na França, surge a classificação da regulação imunológica na região tumoral, uma forma mais precisa para predição do prognóstico*. Os constantes investimentos em inovação e tecnologia permitem à Dasa fazer essa transferência de tecnologia para contribuir com a oncologia de precisão. 

“Sabemos que quanto mais linfócitos T se infiltram no tumor, melhor a chance de sobrevivência do paciente. Essa resposta imunológica hoje pode ser medida e nos ajuda a entender se o paciente de câncer de cólon estádio II precisa ou não passar pela quimioterapia e nos pacientes com estádio III nos informa se o paciente vai ter benefício em fazer três ou seis ciclos de FOLFOX. É isso que nos mostra o Immunoscore®”, explica Cristovam Scapulatempo Neto, diretor médico de anatomia patológica da Dasa e patologista da GeneOne. 

De acordo com o Inca, em 2020, quase 41 mil brasileiros foram diagnosticados com câncer colorretal e há estimativas de que esse número chegue a 55 mil. Predizer a evolução ou o risco de recidiva nesses pacientes pode dar a eles a chance de evitar a quimioterapia ou fazer o número de sessões que realmente for lhe trazer benefício. “E estamos falando de uma quimioterapia neurotóxica”, acrescenta Scapulatempo. 

O patologista da GeneOne destaca ainda que sem uma análise precisa, como a oferecida pelo Immunoscore®, aumenta a chance de um paciente ser submetido a um tratamento desnecessário, ou mesmo de não ser tratado em casos em que isso seria indicado. “Estamos oferecendo um teste que rapidamente ajuda a definir uma estratégia mais assertiva e individualizada”, completa.

O Immunoscore® está disponível nas marcas de medicina diagnósticas da Dasa, presentes em vários estados do País, como Alta, Delboni Auriemo, Salomão Zoppi, Sergio Franco, Lâmina, Atalaia, Exame, Image, Frischmann, entre outros. A previsão de entrega do resultado é de apenas uma semana. Para saber mais, basta acessar GeneOne.

*In situ cytotoxic and memory T cells predict outcome in patients with early-stage colorectal cancer 

Fonte: Ideal H+K Strategies  



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive