Tipos de Câncer

Osteossarcoma

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Fatores de Risco para Osteossarcoma

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 13/12/2015 - Data de atualização: 16/04/2018


Um fator de risco é algo que afeta sua chance de contrair uma doença como o câncer. Diferentes tipos de câncer apresentam diferentes fatores de risco. Alguns como fumar podem ser controlados; no entanto outros não, por exemplo, idade e histórico familiar. Embora os fatores de risco possam influenciar o desenvolvimento do câncer, a maioria não causa diretamente a doença. Algumas pessoas com vários fatores de risco nunca desenvolverão um câncer, enquanto outros, sem fatores de risco conhecidos poderão fazê-lo.

Ter um fator de risco ou mesmo vários, não significa que você vai ter a doença. Muitas pessoas com a enfermidade podem não estar sujeitas a nenhum fator de risco conhecido. Se uma pessoa com osteossarcoma tem algum fator de risco, muitas vezes é muito difícil saber o quanto esse fator pode ter contribuído para o desenvolvimento da doença.

Fatores que podem aumentar o risco de uma pessoa desenvolver osteossarcoma:

  • Idade. O risco de osteossarcoma é maior na faixa etária de 10 a 30 anos, mas principalmente na adolescência, o que sugere que pode haver uma ligação entre o crescimento ósseo rápido e o risco de formação de tumores. O risco diminui em adultos, mas aumenta novamente em pessoas com mais de 60 anos. O osteossarcoma em pessoas mais velhas está muitas vezes relacionado a outras causas, como uma doença óssea de longa data.

  • Altura. Crianças com osteossarcoma geralmente são altas para a sua idade. Esse é outro sinal de que o osteossarcoma pode estar relacionado com o crescimento do osso.

  • Gênero. O osteossarcoma é mais comum em homens do que em mulheres. As mulheres tendem a desenvolvê-lo em uma idade um pouco mais precoce, possivelmente porque elas se desenvolvem mais cedo que os homens.

  • Raça. O osteossarcoma é um pouco mais frequente em pessoas de raça negra do que caucasiana.

  • Irradiação dos Ossos. Pacientes que fizeram radioterapia para outro tipo de câncer podem ter um risco aumentado para osteossarcoma na área que foi tratada. Não está claro se os exames de imagem que utilizam radiações ionizantes, como raios X, tomografia computadorizada e cintilografia óssea, aumentam o risco de osteossarcoma.

  • Doenças nos Ossos. Pessoas com determinadas doenças ósseas não cancerígenas têm um risco aumentado de osteossarcoma.

  • Doença de Paget do Osso. Nesta condição, o tecido ósseo anormal se forma em um ou mais ossos. A doença atinge principalmente pessoas com mais de 50 anos. Os ossos afetados são pesados e grossos, mas são mais fracos do que os ossos normais e são propensos a fraturas. Os sarcomas ósseos, principalmente o osteossarcoma, se desenvolvem em cerca de 1% das pessoas com a doença de Paget, geralmente quando vários ossos são afetados.

  • Osteocondroma Múltiplo Hereditário. Os osteocondromas são tumores ósseos benignos formados por osso e cartilagem. O osteocondroma tem um pequeno risco de desenvolver um sarcoma ósseo. A maioria dos osteocondromas é curada cirurgicamente. No entanto, algumas pessoas herdam uma tendência a desenvolver osteocondromas desde uma idade jovem, e nem sempre é possível remover todos. Quanto mais osteocondromas uma pessoa tem, maior o risco de desenvolver um sarcoma ósseo.

  • Síndromes Hereditárias. Crianças com síndromes hereditária raras, como retinoblastoma, síndrome de Li-Fraumeni, síndrome de Rothmund-Thompson, síndrome de Bloom, síndrome de Werner e anemia de Diamond-Blackfan, têm um risco aumentado de desenvolver osteossarcoma.

Fonte: American Cancer Society (29/01/2018)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive