Tipos de Câncer

Câncer de Intestino Delgado

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Boehringer Bayer Janssen MSD Takeda Astellas UICC Libbs Abbvie Ipsen Sanofi Daiichi Sankyo GSK Avon Nestlé Servier Viatris


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Fatores de Risco para Câncer de Intestino Delgado

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 27/03/2017 - Data de atualização: 27/03/2017


Um fator de risco é algo que afeta sua chance de contrair uma doença como o câncer. Diferentes tipos de câncer apresentam diferentes fatores de risco. Alguns como fumar, por exemplo, podem ser controlados; no entanto outros como idade e histórico familiar, não. Embora os fatores de risco possam influenciar o desenvolvimento do câncer, a maioria não causa diretamente a doença. Algumas pessoas com vários fatores de risco nunca desenvolverão um câncer, enquanto outros, sem fatores de risco conhecidos poderão fazê-lo.

Ter um fator de risco ou mesmo vários, não significa que você vai ter a doença. Muitas pessoas com a enfermidade podem não estar sujeitas a nenhum fator de risco conhecido. Se uma pessoa com câncer de intestino delgado tem algum fator de risco, muitas vezes é difícil saber o quanto esse fator pode ter contribuído para o desenvolvimento da doença.

Fatores que podem aumentar o risco de uma pessoa desenvolver câncer de intestino delgado:

  • Gênero. O adenocarcinoma de intestino delgado ocorre com mais frequência em homens do que em mulheres.

  • Idade. O adenocarcinoma de intestino delgado é mais comum em pessoas mais velhas. A idade média de diagnóstico é aos 60 anos.

  • Tabagismo e Alcoolismo. Alguns estudos mostraram um risco aumentado entre pessoas que fumam ou consumem bebidas alcoólicas.

  • Doença Celíaca. Esta doença é também conhecida como enteropatia glúten induzida. O glúten é uma proteína que se encontra em muitos tipos de cereais, como o trigo, centeio, cevada e aveia. Em pessoas com doença celíaca, comer glúten provoca uma reação imunológica. O corpo produz anticorpos que atacam a mucosa dos intestinos. Isso torna difícil a digestão e a absorção dos alimentos, muitas vezes levando à diarreia e perda de peso. Pessoas com doença celíaca têm um risco aumentado de câncer de intestino delgado, incluindo linfoma e adenocarcinoma. Manter uma dieta livre de glúten parece reduzir o risco de câncer em pessoas com esta doença.

  • Câncer Colorretal. Pacientes que tiveram câncer colorretal têm um risco aumentado de desenvolver câncer de intestino delgado. Isso pode ser devido a fatores de risco comuns.

  • Doença de Crohn. A doença de Crohn é uma doença na qual o sistema imunológico ataca o trato gastrointestinal. Esta doença pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal, mas é mais frequente na parte inferior do intestino delgado. As pessoas com doença de Crohn têm um risco aumentado de adenocarcinoma de intestino delgado. Estes cânceres são mais frequentes no íleo.

  • Dieta. Uma dieta rica em fibras pode ajudar a reduzir o risco de câncer de intestino delgado.

  • Causas Hereditárias. Pessoas com certas condições hereditárias, como polipose adenomatosa familiar, câncer colorretal sem polipose hereditária, síndrome de Peutz-Jeghers e polipose associada ao MUTYH, têm um risco aumentado de adenocarcinoma de intestino delgado.

  • Fibrose Cística. A fibrose cística provoca problemas pulmonares graves. O gene que causa a fibrose cística é o CFTR. Uma criança deve ter duas cópias deste gene anormal (um de cada progenitor) para ter essa doença. As pessoas com fibrose cística têm um risco aumentado de adenocarcinoma do íleo.

Fonte: American Cancer Society (09/02/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2022 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive