Especial

Prevenção

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Fatores conhecidos que aumentam o Risco de Câncer

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 21/11/2014 - Data de atualização: 21/11/2014


Os pesquisadores estudam os fatores de risco e os fatores de proteção para encontrar maneiras de prevenir o câncer. Tudo o que aumenta as chances de uma pessoa desenvolver a doença é denominado fator de risco de câncer, e qualquer coisa que diminua a chance de desenvolver câncer é chamado de fator de proteção do câncer.

Alguns fatores de risco para o câncer podem ser evitados, mas muitos outros não. Por exemplo, fumar ou determinados genes hereditários são fatores de risco para alguns tipos de câncer, mas apenas o tabagismo pode ser evitado. Os fatores de risco que podem ser controlados por uma pessoa são denominados de fatores de risco modificáveis.

Muitos outros fatores presentes no meio ambiente, alimentação e estilo de vida podem causar ou prevenir o câncer. Aqui mencionaremos apenas os principais fatores de risco de câncer e fatores de proteção que podem ser controlados ou modificados para reduzir o risco de doença. Os fatores de risco não mencionados aqui incluem determinados comportamentos sexuais, uso de estrogênio e exposição ocupacional a certas substâncias ou produtos químicos.

Tabagismo

O uso do tabaco é fortemente associado a um risco aumentado para muitos tipos de câncer. Fumar cigarros é a principal causa dos seguintes tipos de câncer:


Não fumar ou parar de fumar reduz o risco de contrair câncer e morrer devido à doença.  Os pesquisadores acreditam que o tabagismo seja a causa de cerca de 30% de todas as mortes por câncer.

Infecções

Alguns vírus e bactérias podem causar câncer. Vírus e outros agentes que causam infecções provocam a maioria dos casos de câncer nos países em desenvolvimento. Exemplos de vírus e bactérias causadoras de câncer incluem:

  • Papiloma vírus humano (HPV) - Aumenta o risco de câncer de colo do útero, pênis, vagina, ânus e boca.
  • Vírus da hepatite B e da hepatite C - Aumentam o risco de câncer de fígado.
  • Vírus Epstein-Barr - Aumenta o risco para o linfoma de Burkitt.
  • Helicobacter pylori - Aumenta o risco de câncer gástrico.

Duas vacinas para prevenir a infecção por agentes causadores de câncer foram desenvolvidos e aprovadas pelos órgãos de vigilância. Uma é uma vacina para prevenir a infecção pelo vírus da hepatite B. A outra protege contra a infecção pelo papiloma vírus humano (HPV) que causa o câncer de colo do útero. Entretanto, os pesquisadores continuam trabalhando no desenvolvimento de novas vacinas contra infecções causadoras de câncer.

Radiação

Estar exposto à radiação é uma causa conhecida de câncer. Existem dois tipos principais de radiação associada com um risco aumentado para a doença: a radiação ultravioleta proveniente do sol, que é a principal causa do câncer de pele não melanoma, e as radiações ionizantes. A exposição às radiações ionizantes incluem os exames para diagnóstico do câncer, como raios X, tomografia computadorizada, fluoroscopia e exames de medicina nuclear; e o gás radônio, presente no solo das moradias.

Os pesquisadores acreditam que as radiações ionizantes provocam leucemia, câncer de tireoide e câncer de mama em mulheres. Mas, também podem estar associadas ao mieloma múltiplo e aos cânceres de pulmão, estômago, colorretal, esôfago, bexiga e ovário. Estar exposto aos raios X utilizados para diagnóstico aumenta o risco de câncer em pacientes, radiologistas e técnicos de radiologia.

A crescente utilização da tomografia computadorizada, nos últimos 20 anos, aumentou a exposição às radiações ionizantes. O risco de câncer aumenta também com o número de varreduras realizadas e com a dose de radiação utilizada em cada varredura.

Medicamentos Imunossupressores


Medicamentos imunossupressores estão ligados a um risco aumentado de câncer. Estes medicamentos diminuem a capacidade do corpo de bloquear o desenvolvimento do câncer. Os medicamentos imunossupressores são utilizados, por exemplo, em  pacientes transplantados para evitar a rejeição do órgão recebido.


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive