Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Excesso de peso é responsável por 4% dos casos de câncer no mundo

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 13/12/2018 - Data de atualização: 13/12/2018


Obesidade: estimativa dos pesquisadores é de que até 9 milhões precisem da cirurgia no país (Foto/Thinkstock)

São Paulo — Um relatório da Sociedade Americana do Câncer apontou que o excesso de peso foi responsável por cerca de 3,9% dos casos de câncer em 2012. Os autores do relatório afirmam que o número deverá crescer nas próximas décadas, dadas as tendências.

Sistemas políticos, econômicos, práticas de mercado que promovem o consumo de alimentos muito energéticos e pouco saudáveis e pouco tempo de atividade física estão aumentando os casos de pessoas com excesso de peso, diz o relatório.

Em 2016, aproximadamente 40% dos adultos e 18% das crianças e adolescentes apresentaram excesso de peso. O número cresceu em praticamente todos os países, mas os maiores aumentos foram em países subdesenvolvidos.

Em 2015, segundo o relatório, 4 milhões de mortes foram associadas ao excesso de peso. O impacto econômico destas mortes é estimado em 2 trilhões de dólares. Em 2012, o excesso de peso foi responsável por 544,300 casos de câncer, ou seja, 3,9% do total de casos da doença. Em países de baixa renda, a proporção variou cerca de 1%, enquanto nos países de alta renda chegou a 7% ou 8%.

O sobrepeso e a obesidade estão relacionados ao aumento do risco de 13 tipos de câncer: de mama (após a menopausa), de cólon e reto (colorretal), útero, esôfago (adenocarcinoma), vesícula biliar, rim, fígado, ovário, pâncreas, estômago e tireoide, assim como meningioma e mieloma múltiplo. Recentemente, o excesso de peso foi rotulado como uma provável causa de câncer de próstata avançado, além de câncer de boca, faringe e laringe.

Para os especialistas, o enriquecimento das economias cria um ambiente propício para a obesidade. Cada aumento de 10 mil dólares na renda nacional média está associado ao aumento de 0,4 pontos no índice de massa corporal entre os adultos.

A prosperidade, no entanto, não está sempre relacionada ao excesso de peso, uma vez que países desenvolvidos da Ásia, com seus hábitos de dieta mais tradicionais, apresentam baixas taxas de obesidade.

Desacelerar o aumento da obesidade é uma das nove metas para 2025 da OMS (Organização Mundial da Saúde) para lidar com a crescente carga global de doenças não transmissíveis, incluindo o câncer. Embora a meta seja difícil de ser cumprida, dado o contexto, a OMS aconselha governos indústrias e as sociedades civis a adotarem estratégias de prioridade para retificar a produção, distribuição e propaganda de alimentos não saudáveis e promover lugares adequados para prática de atividades físicas.

“Há um consenso emergente sobre as oportunidades para o controle da obesidade através da implementação coordenada multissetorial de ações políticas centrais para promover um ambiente propício para uma dieta saudável e vida ativa”, escrevem os autores. “O rápido aumento tanto na prevalência do excesso de peso corporal como na carga associada ao câncer destaca a necessidade de um enfoque rejuvenescido na identificação, implementação e avaliação de intervenções para prevenir e controlar o excesso de peso corporal”.

Fonte: EXAME

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive