Tipos de Câncer

Câncer de Colo do Útero

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Estadiamento do Câncer de Colo do Útero

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 31/10/2014 - Data de atualização: 03/07/2017


O estadiamento descreve aspectos do câncer, como localização, se disseminou, e se está afetando as funções de outros órgãos do corpo. Conhecer o estágio do tumor ajuda na definição do tipo de tratamento e a prever o prognóstico do paciente.

Um sistema de estadiamento é a maneira simplificada para que todos os membros de uma equipe multidisciplinar entendam de imediato a extensão da doença. Os dois sistemas utilizados para o estadiamento da maioria dos tipos de câncer do colo de útero, o sistema FIGO (International Federation of Gynecology and Obstetrics) e o sistema TNM da AJCC (American Joint Committee on Cancer) são muito semelhantes.

O sistema FIGO é baseado principalmente nos resultados do exame clínico e em alguns exames, como cistoscopia e proctoscopia, não sendo baseado em resultados cirúrgicos. O sistema TNM da AJCC classifica o câncer de colo do útero com base em 3 fatores:

  • T. Indica o tamanho do tumor primário e se disseminou para outras áreas.
  • N. Descreve se existe disseminação da doença para os linfonodos regionais ou se há evidência de metástases em trânsito.
  • M. Indica se existe presença de metástase em outras partes do corpo.

Tumor. Pelo sistema TNM, o T acompanhado de um número (0 a 4) é usado para descrever o tumor primário, particularmente o seu tamanho. Pode também ser atribuída uma letra minúscula "a" ou "b" com base na ulceração e taxa mitótica.

Linfonodo. O N no sistema TNM representa os linfonodos regionais, e também é atribuído a ele um número (0 a 3), que indica se a doença disseminou para os gânglios linfáticos. Pode também ser atribuída uma letra minúscula "a", "b", ou "c", conforme descrito abaixo.

Metástase. O M no sistema TNM indica se a doença se espalhou para outras partes do corpo.

  • Tumor Primário (T)

Tis. As células cancerosas são encontradas apenas na superfície do colo do útero.

T1. As células cancerosas cresceram a partir da camada mais superficial do colo do útero em direção a tecidos profundos do próprio órgão.
T1a. Há uma quantidade muito pequena de células cancerosas, vista apenas sob o microscópio.
T1a1. A área de câncer é inferior a 3 mm de profundidade e menos de 7 mm de largura.
T1a2. A área de invasão do câncer está entre 3 mm e 5 mm de profundidade e menos de 7 mm de largura.

T1b. Este estágio inclui os cânceres do estágio 1, que podem ser vistos sem um microscópio. Este estágio também inclui cânceres que só podem ser vistos com microscópio e que se disseminaram para mais do que 5 mm no tecido conjuntivo do colo do útero ou tem mais de 7 mm de largura.
T1b1. O câncer pode ser visto, mas não é maior do que 4 cm.
T1b2. O câncer pode ser visto e é maior do que 4 cm.

T2. Neste estágio, o tumor cresceu além do colo do útero, mas não se disseminou para as paredes da pelve ou parte inferior da vagina. O câncer pode ter crescido para a parte superior da vagina.
T2a. O câncer não se disseminou para os tecidos ao lado do colo do útero.
T2a1. O câncer pode ser visto, mas não é maior do que 4 cm.
T2a2. O câncer pode ser visto e é maior do que 4 cm.
T2b. O câncer se disseminou para os tecidos circundantes ao colo do útero.

T3. O câncer se disseminou para a parte inferior da vagina ou paredes da pelve; e, pode estar bloqueando os ureteres.
T3a. O câncer se disseminou para o terço inferior da vagina, mas não para as paredes da pelve.
T3b. O câncer cresceu para o interior das paredes da pelve ou está bloqueando os ureteres.

T4. O câncer se disseminou para a bexiga ou reto ou está se desenvolvendo para fora da pelve.

  • Linfonodos Regionais (N)

NX. Os linfonodos próximos não podem ser avaliados.

N0. Não disseminou para os linfonodos próximos.

N1. O câncer disseminou para os linfonodos vizinhos.

  • Metástase à Distância (M)

M0. O câncer não disseminou para os linfonodos, órgãos ou tecidos distantes.

M1. O câncer se disseminou para órgãos distantes (como os pulmões ou fígado), gânglios linfáticos do tórax e para o peritônio.

  • Estágios do Câncer e Estadiamento FIGO

Estágio 0. Tis, N0, M0.

Estágio I. T1, N0, M0.

Estágio IA. T1a, N0, M0.

Estágio IA1. T1a1, N0, M0.

Estágio IA2. T1a2, N0, M0.

Estágio IB. T1b, N0, M0.

Estágio IB1. T1b1, N0, M0.

Estágio IB2. T1b2, N0, M0.

Estágio II. T2, N0, M0.

Estágio IIA. T2a, N0, M0.

Estágio IIA1. T2a1, N0, M0.

Estágio IIA2. T2a2, N0, M0.

Estágio IIB. T2b, N0, M0.

Estágio III. T3, N0, M0.

Estágio IIIA. T3a, N0, M0.

Estágio IIIB. T3b, N0, M0 ou T1-3, N1, M0.

Estádio IVA. T4, N0, M0.

Estágio IVB. Qualquer T, qualquer N, M1.

Fonte: American Cancer Society (05/12/2016)


Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive