Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD Mundipharma Takeda Astellas UICC GBT Abbvie Ipsen Sanofi Grunenthal Daiichi Sankyo


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Dia Internacional da Mulher deve ser comemorado com mais atenção à saúde feminina, incentiva INCA

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 08/03/2021 - Data de atualização: 08/03/2021


No Dia Internacional da Mulher deste ano, 8 de março, o INCA alerta para a necessidade de redobrar a atenção aos sinais indicativos de câncer feminino e às ações de autocuidado, como a prevenção do câncer do colo do útero.

“A pandemia trouxe um desafio a mais para o rastreamento do câncer”, explica a coordenadora de Prevenção e Vigilância do Instituto, Liz Almeida. “Por um lado, sair de casa tornou-se um risco, mas, em caso de aparecimento de algum sinal ou sintoma suspeito, deve-se procurar ajuda médica. Mantendo o distanciamento social que for possível nos transportes, nas ruas, usando sempre a máscara de forma adequada e mantendo as mãos limpas.” 

Liz avalia que as ações de autocuidado não podem ser esquecidas principalmente na pandemia da Covid-19: “O que qualquer mulher pode fazer por sua saúde é prestar mais atenção ao próprio corpo. Aos sinais, sintomas que mostram que alguma coisa pode não estar normal e, em caso de persistência, procurar ajuda”. 

Por exemplo, em relação ao câncer do colo do útero, a mulher deve manter a periodicidade dos exames preventivos, de três em três anos, a partir dos 25 até os 64 anos. Mais informações  sobre a doença podem ser conhecidos no folheto e na exposição A Mulher e o Câncer de Colo de Útero. 

Os homens também podem aproveitar o Dia Internacional da Mulher para refletir como podem auxiliar na saúde daquelas que são importantes para eles, como as mães e as companheiras. “O que os homens podem fazer pelas companheiras é prestar atenção aos corpos delas, nas pequenas alterações ou em sintomas relatados que se repetem e incentivá-las a procurar ajuda”, diz Liz Almeida. “E lembrá-las da importância de realizar o exame preventivo dentro da periodicidade trienal”. 

Fonte: INCA

As opiniões contidas nas matérias divulgadas refletem unicamente a opinião do veículo, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte do Instituto Oncoguia.

Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2021 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive