Tipos de Câncer

Câncer de Pâncreas

Categorias


Cadastro rápido

Receba nosso conteúdo por
e-mail

Tudo sobre o câncer

 
Mais Tipos de câncer

Curta nossa página

Financiadores

Roche Novartis Varian Bristol MerckSerono Lilly Amgen Pfizer AstraZeneca Bayer Janssen MSD ACS Mundipharma Takeda Susan Komen Astellas UICC Libbs Healthy Americas GBT Abbvie Ipsen Shire


  • tamanho da letra
  • A-
  • A+

Detecção Precoce do Câncer de Pâncreas

  • Equipe Oncoguia
  • - Data de cadastro: 26/09/2015 - Data de atualização: 20/08/2019


O câncer de pâncreas é difícil de ser diagnosticado precocemente. Os pacientes geralmente não apresentam sintomas até que a doença já tenha se disseminado para outros órgãos.

Os exames de rastreamento são utilizados para verificar a possibilidade de uma pessoa assintomática ter determinada doença. Atualmente, não existem exames de rastreamento para o câncer de pâncreas em pessoas que pertencem ao grupo de risco médio para a doença. Isso porque nenhum exame de rastreamento se mostrou eficaz para diminuir o risco de morte por este tipo de câncer.

Testes genéticos para pessoas com risco aumentado de câncer de pâncreas

Algumas pessoas podem ter um risco aumentado de desenvolver câncer de pâncreas em função do histórico familiar da doença (ou um histórico familiar de determinados tipos de câncer). Muitas vezes, esse risco aumentado é devido a uma síndrome genética específica.

O teste genético procura as alterações genéticas que provocam essas condições hereditárias e  aumentam o risco de câncer de pâncreas. Esses testes procuram essas condições hereditárias e não o câncer de pâncreas propriamente dito. O risco de ter a doença pode aumentar se você tiver determinada condição genética, mas isso não significa que você tem (ou vai ter) câncer de pâncreas.

Saber se você tem (ou não) um risco aumentado pode ajudar você e seu médico a decidirem o momento de iniciar os exames para diagnosticar um câncer de pâncreas precocemente, quando a doença poderia ser mais fácil de ser tratada. Algumas destas alterações podem ser investigadas,  mas determinar se alguém tem um risco aumentado para a doença não é algo simples. Conversar com um especialista em síndromes hereditárias de câncer, como um geneticista ou um oncologista pode ser útil.

Testes para pessoas com alto risco de câncer de pâncreas

Para as pessoas em famílias com alto risco de câncer de pâncreas, os exames mais recentes para a detecção precoce do câncer de pâncreas, como o ultrassom endoscópio, podem ser úteis. Esses exames não são usados para rastrear o público em geral, mas podem ser utilizado para pessoas com forte histórico familiar de câncer de pâncreas ou com uma síndrome genética conhecida que aumente o seu risco.

Os pesquisadores também estão avaliando novos exames para tentar diagnosticar o câncer de pâncreas mais precocemente.

Fonte: American Cancer Society (11/02/2019)



Este conteúdo ajudou você?

Sim Não


A informação contida neste portal está disponível com objetivo estritamente educacional. Em hipótese alguma pretende substituir a consulta médica, a realização de exames e ou, o tratamento médico. Em caso de dúvidas fale com seu médico, ele poderá esclarecer todas as suas perguntas. O acesso a Informação é um direito seu: Fique informado.

O conteúdo editorial do Portal Oncoguia não apresenta nenhuma relação comercial com os patrocinadores do Portal, assim como com a publicidade veiculada no site.

© 2003 - 2019 Instituto Oncoguia . Todos direitos reservados
Desenvolvido por Lookmysite Interactive